publicidade

Trate a escoliose com exercícios físicos

Escolha a atividade certa que alivia dores e evite esportes que pioram o problema

Por Minha Vida - publicado em 28/09/2011


 Muito tempo em frente ao computador, horas no trânsito com o banco ajustado de qualquer jeito e muito peso nas costas, em bolsas ou mochilas cheias, são alguns dos hábitos que podem agravar o desenvolvimento de escoliose, desvio na coluna vertebral em forma de "C" ou de "S", comum de aparecer na fase de crescimento das crianças. "A curvatura pode ser para o lado direito ou esquerdo. As dores são mais comuns de aparecer na fase adulta, principalmente se não forem adotados hábitos e tratamentos adequados", afirma o quiropraxista Jason Gilbert, dono da rede que leva seu nome.

Mudar os hábitos e incluir exercícios físicos entre as atividades de rotina ajudam a amenizar esse problema e evitar dores. A orientação de um professor de Educação Física garante que os movimentos não só alinhem a coluna como fortaleçam os músculos capazes de deixá-la na posição certa.

Acabe com a dor nas costas

Os exercícios campeões
Todos os exercícios que estimulam, igualmente, os dois lados do corpo são bem-vindos. Natação, ioga, pilates, caminhada, corrida, hidroginástica e, em alguns casos, musculação valem por remédio. "Eles trabalham a simetria e o desenvolvimento muscular de ambos os lados", esclarece Jason. Merece destaque a natação, que fortalece e alonga os músculos ao mesmo tempo. "É um ótimo esporte por não ter impacto, mobilizar o corpo todo e ser uma atividade aeróbica", afirma o fisioterapeuta Eduardo Benites, especialista em RPG.

Mas a natação não vai corrigir a curvatura. Para que isso aconteça, é preciso que o esporte faça parte do tratamento e seja acompanhado por um ortopedista ou por um fisiatra. No geral, o que todas essas atividades simétricas fazem é ajudar a evitar uma piora da escoliose. 

Tênis

Lista negra
Handball, tênis, basquete e outros exercícios que exigem muito mais um lado do corpo do que o outro ocupam os últimos lugares da lista. "Esportes unilaterais, que favorecem mais um lado do corpo do que outro, podem piorar o problema e desgastar as articulações de um lado só", afirma Jason. Nada impede que esses esportes sejam praticados, mas é ideal pedir aconselhamento de um personal trainer para evitar dores pelo corpo. "Alternar essas atividades a outras, como caminhada e corrida, tende a ser uma boa saída para equilibrar o desenvolvimento muscular", indica o fisioterapeuta. Ele também pede cuidado ao carregar mochila, bolsa e sacolas apenas de um lado. "A dica é procurar sempre trocar o peso de ombro ou braço para não desalinhar ainda mais o corpo", diz.

Atenção a atividades de alto impacto
Quem optar por corrida, bicicleta e outras atividades aeróbicas também precisa estar atento a dois fatores importantes: o impacto dos movimentos nas articulações e o alongamento, que prepara os músculos para responder aos exercícios. Usar calçados adequados para a atividade, evitar solos rígidos ou muitos acidentados e treinar por um período que respeite as limitações do seu corpo ajuda a prevenir lesões ou agravar a escoliose. 

Musculação

Musculação pode, mas com ressalvas
A musculação, feita com orientação de um fisioterapeuta ou de um professor de Educação Física especializado em desvios de coluna, complementa o tratamento de escoliose: isso porque os exercícios fortalecem os músculos do abdômen, que dão sustentação à coluna, e os próprios músculos das costas. Só evite usar cargas excessivas demais, evitando encurtar ainda mais as fibras, e jamais dispense o alongamento antes e depois dos exercícios. "Para cada hora de musculação, o ideal é praticar uma hora de alongamento", afirma o quiropraxista.

"No caso de exercícios específicos para as costas, a atenção tem de ser redobrada. Há o risco de aumentar ainda mais a compressão na coluna vertebral, provocando dor e e aumentando o grau de curvatura da escoliose", afirma o fisioterapeuta.

Balé também precisa de cuidados
O Balé clássico é uma das melhores opções para estimular a postura correta, com a coluna alinhada e o quadril encaixado. No entanto, essas aulas podem ser perigosas para a escoliose ao favorecer mais um lado do que o outro. E como isso pode acontecer? As bailarinas costumam começar sempre do mesmo lado ao fazerem exercícios na barra.

Geralmente, fazem a sequencia do lado direito primeiro e despendem uma força maior desse lado. Ao fazerem com o esquerdo, podem estar mais cansadas e exigirem menos esforço da musculatura. Como resultado, um lado do corpo pode ficar mais fortalecido. Para evitar esse risco, o melhor é alternar os lados para começar os exercícios: se começar com o direito, da próxima vez inicie com o esquerdo.


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X