Acne

Visão Geral

O que é Acne?

Acne é uma condição da pele que ocorre quando os folículos capilares tornam-se conectados com a oleosidade e células mortas da pele. Acne mais comumente aparece no rosto, pescoço, peito, costas e ombros. A acne pode ser angustiante e irritantemente persistente. Acne lesões cicatrizam lentamente, e quando se começa a resolver, outras parecem surgir.

Dependendo da gravidade, a acne pode causar sofrimento emocional e levar a cicatrizes da pele. A boa notícia é que existem tratamentos eficazes disponíveis – e quanto mais cedo é iniciado, menor é o risco de danos à pele ou autoestima

Tipos

Os diferentes tipos de acne incluem:

Acne do recém-nascido

Cerca de 20% dos recém-nascidos desenvolvem acne leve. Isso pode acontecer porque certos hormônios são passados para eles através da placenta por suas mães pouco antes do nascimento. Outra causa de acne em bebês é o estresse do parto, que pode fazer o corpo do bebê liberar hormônios. Recém-nascidos com acne geralmente só tem espinhas que desaparecem sem tratamento.

Acne infantil

Bebês entre três e 16 meses de idade podem desenvolver acne infantil. Eles podem ter cravos e espinhas. Acne infantil geralmente desaparece quando a criança chega aos dois anos de idade, aproximadamente. As espinhas raramente deixam cicatrizes. Acne infantil pode ser causada, em parte, pelos níveis hormonais mais elevados do que o normal.

Acne vulgar

O tipo mais comum de acne é acne vulgar. Ela aparece com mais frequência em adolescentes e adultos jovens.

Acne cística

Acne conglobata é uma forma rara, mas grave, de acne. Ela ocorre principalmente em homens jovens. Na acne conglobata, espinhas profundas se desenvolvem no rosto, peito, costas, braços e coxas. Este tipo de acne pode ser difícil de tratar e muitas vezes deixa cicatrizes. Acne conglobata pode durar até a idade adulta.

Acne fulminante

Acne fulminante é uma forma grave de acne conglobata, que ocorre em meninos adolescentes. Na acne fulminante, um grande número de espinhas se desenvolve muito rapidamente nas costas do adolescente e no peito. Essas espinhas muitas vezes deixam cicatrizes graves. As espinhas não costumam se desenvolver no rosto do adolescente. Pacientes com acne fulminante muitas vezes sofrem com febre e dor muscular e óssea.

Causas

Existem diferentes tipos de acne. A acne mais comum é o tipo que se desenvolve durante a adolescência. A puberdade faz com que os níveis de hormônio fiquem elevados, especialmente a testosterona. Esses hormônios causam mudanças nas glândulas da pele, que começam a produzir mais óleo (sebo). Essa oleosidade acontece para proteger a pele e mantê-la úmida. A acne começa quando o óleo se mistura com células mortas da pele e obstrui os poros - bactérias podem crescer nessa mistura. Se essa mistura vaza para tecidos próximos pode provocar inchaço, vermelhidão e pus. Um nome comum para essas protuberâncias é espinhas.

Às vezes, os recém-nascidos têm acne porque suas mães passam hormônios para eles, pouco antes do nascimento. Acne também pode aparecer quando o estresse do nascimento faz com que o corpo do bebê para libere hormônios por conta própria. As crianças e os adultos mais velhos também podem ter acne.

Três fatores contribuem para a formação de acne em adolescentes e adultos:

  • Superprodução de sebo na pele
  • Concentração de células mortas da pele, resultando em irritação dos folículos pilosos
  • Acúmulo de bactérias.

Acne ocorre quando os folículos capilares tornam-se conectados com a oleosidade e as células mortas da pele. Os folículos pilosos estão ligados a glândulas sebáceas, que secretam uma substância oleosa, conhecida como sebo, para lubrificar o seu cabelo e pele. Quando o corpo produz uma quantidade excessiva de sebo e células mortas da pele, os dois podem se acumular nos folículos pilosos, criando um ambiente onde as bactérias podem prosperar.

Esse cenário pode fazer com que o folículo se torne inchado e inflamado, acumulando pus, formando a espinha. Também pode acontecer de o folículo se abrir e escurecer, causando um cravo.

Espinhas são manchas vermelhas e protuberantes na pele, com um centro branco que se desenvolve quando os folículos capilares bloqueados ficam inflamados ou infectados. Bloqueios e inflamações que se desenvolvem bem dentro dos folículos capilares produzem nódulos sob a superfície da pele, chamados de cistos.

Fatores que podem piorar acne

Esses fatores podem desencadear ou agravar um caso existente de acne:

  • Hormônios. Os andrógenos são hormônios que aumentam em meninos e meninas durante a puberdade, fazendo as glândulas sebáceas ampliarem e produzirem mais sebo. Alterações hormonais relacionadas com a gravidez e o uso de contraceptivos orais também pode afetar a produção de sebo
  • Certos medicamentos, como os corticoides, andrógenos ou a base de lítio são conhecidos por causar acne
  • Fatores dietéticos, incluindo ingestão excessiva de produtos lácteos e alimentos ricos em carboidratos - como pães, biscoitos e batatas fritas - pode desencadear acne.

Mitos da acne

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, esses fatores têm pouco efeito sobre a acne:

  • Alimentos gordurosos e chocolate têm pouco ou nenhum efeito sobre o desenvolvimento ou curso da acne
  • Acne não é causada pela sujeira. Na verdade, esfregar a pele com muita força ou a limpeza com sabonetes abrasivos e produtos químicos irrita a pele e pode piorar a acne. Fazer uma simples limpeza da pele para remover o excesso de óleo e células mortas é tudo o que é necessário.

Fatores de risco

Alterações hormonais no corpo podem provocar ou agravar a acne. Tais alterações são comuns:

  • Em adolescentes
  • Dois a sete dias antes do período menstrual
  • Em mulheres grávidas
  • Em pessoas que usam certos medicamentos, incluindo aqueles que contêm corticoides, andrógenos ou lítio.

A acne pode ser irritada ou agravada por:

  • Vestimentas apertadas ou que causam atrito contra a pele (como um jogador de futebol vestindo ombreiras), bem como a utilização de equipamento que entra em atrito com o corpo (por exemplo um violino que atrita entre a bochecha e ombro). Capacetes, alças de sutiã, tiaras e blusas de gola alta também pode fazer a acne piorar
  • Usando produtos para pele e cabelos que contêm substâncias irritantes
  • Lavar o rosto com muita frequência ou esfregar o rosto fortemente. O uso de sabonetes abrasivos ou água muito quente também pode fazer a acne piorar
  • Estresse
  • Tocar muito no rosto
  • Suor excessivo
  • Deixar o cabelo pendurado no rosto, o que pode deixar a pele mais oleosa
  • Trabalhando com óleos e produtos químicos regularmente
  • Atletas ou fisiculturistas que tomam esteroides anabolizantes também estão em risco de agravar ou contrair acne.

Sintomas de Acne

Acne se desenvolve mais frequentemente na face, pescoço, peito, ombros, ou costas e pode variar de leve a grave. Pode durar alguns meses, muitos anos, ou ir e vir durante toda a vida.

Geralmente, a acne provoca apenas espinhas e cravos. Às vezes, estes podem evoluir para uma infecção nos poros da pele. A acne severa pode produzir centenas de espinhas que cobrem grandes áreas da pele. As lesões císticas são espinhas que são grandes e profundas. Essas lesões são muitas vezes dolorosas e pode deixar cicatrizes na pele.

A acne pode levar a baixa autoestima e, por vezes, depressão. Essas condições necessitam de tratamento, juntamente com o da acne em si.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

A acne geralmente não é uma condição médica séria. Mas você pode querer procurar um dermatologista para tratar espinhas persistentes ou cistos inflamados, a fim de evitar cicatrizes ou outros danos à pele.

Se a acne e as cicatrizes estão afetando seus relacionamentos sociais ou autoestima, você também pode querer perguntar a um dermatologista sobre o tratamento das cicatrizes existentes.

Marque uma consulta médica se:

  • Você está preocupado com acne do seu filho ou sua
  • A acne piorar ou não melhorar depois de três meses com o tratamento em casa
  • Ocorrerem cicatrizes ou marcas depois de curar a acne
  • As espinhas se tornam grandes e duras ou preenchidas com fluido
  • Você começa a ter outros sintomas físicos, tais como o crescimento de pelos faciais em mulheres
  • A acne começou após o uso de um novo medicamento
  • Houve exposição a produtos químicos, óleos ou outras substâncias que causam irritação na pele.

Você pode querer procurar ajuda médica mais cedo se houver um forte histórico familiar de acne, está emocionalmente afetado pela acne ou desenvolveu acne em uma idade precoce.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar e tratar acne são:

  • Dermatologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Anote informações médicas tais como outras condições com as quais você foi diagnosticado e qualquer medicação que você está tomando, incluindo vitaminas e suplementos
  • Anote as informações pessoais importantes, incluindo quaisquer tensões principais ou mudanças de vida recentes.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando a acne começou?
  • Alguma coisa em particular parecem desencadear um surto acne, como estresse ou ciclo menstrual?
  • Quais os medicamentos você ou seu filho toma, bem como vitaminas e suplementos?
  • Você usa contraceptivos orais?
  • Você tem períodos menstruais regulares?
  • Você está grávida, ou planeja engravidar em breve?
  • Que tipos de sabonetes, loções, produtos de cabelo ou cosméticos você usa?
  • Você tem história familiar de acne?
  • Que tratamentos você já tentou até agora? Algum tem sido eficaz?

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Para acne, algumas perguntas básicas incluem:

  • Que tipo de tratamento você recomenda para mim?
  • Se o primeiro tratamento não funcionar, o que você vai recomendar a seguir?
  • Quais são os possíveis efeitos colaterais dos medicamentos que você prescreveu?
  • Quanto tempo eu posso usar com segurança os medicamentos?
  • Quanto tempo depois do início do tratamento os sintomas começam a melhorar?
  • Em quando você vai me ver novamente para avaliar se o tratamento está funcionando?
  • Existem medidas de autocuidado para melhorar os sintomas?
  • Você recomenda qualquer alteração minha dieta?Você recomenda quaisquer alterações nos produtos que estou usando, como xampus e cremes hidratantes?

Diagnóstico de Acne

O médico fará um exame físico e irá perguntar sobre seu histórico médico. Na maioria das vezes, não serão feitos testes especiais para acne. Pode ser que o médico peça outros exames, se suspeitar que a acne é um sintoma de outro problema médico.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Acne

Tratamento da acne

O tratamento da acne foca em reduzir a produção de óleo na pele, acelerar a renovação celular, combater à infecção bacteriana r reduzir a inflamação. Em alguns casos, a pele pode piorar antes de ficar melhor.

O dermatologista pode recomendar um medicamento para aplicar na pele (medicação tópica) ou tomar via oral. Medicamentos orais para acne não devem ser usado durante a gravidez, especialmente durante o primeiro trimestre.

O tratamento da acne inclui:

  • Cremes tópicos de venda livre
  • Cremes tópicos disponíveis com prescrição
  • Antibióticos, que podem ser combinados com os cremes
  • Contraceptivos orais
  • Procedimentos cosméticos, como peeling químico e microdermoabrasão.

Tratamento da cicatriz da acne

É possível usar certos procedimentos para diminuir as cicatrizes deixadas pela acne. Veja:

  • Preenchimento facial com colágeno
  • Peelings químicos
  • Dermoabrasão
  • Microdermoabrasão
  • Laser e tratamentos de radiofrequência
  • Retirar a pele com cicatrizes por meio de cirurgia.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Cuidados em casa ajudam a tratar a acne:

  • Lave seu rosto e outras áreas afetadas uma ou duas vezes por dia
  • Não cutuque ou esprema as espinhas, pois isso pode causar infecções e inflamações
  • Evite tocar a pele com as mãos sujas ou objetos pouco higienizados
  • Mantenha seu cabelo limpo e longe do rosto, para evitar oleosidade
  • Use cremes, sabonetes, loções e géis para tratar a acne. Sempre leia atentamente a bula para garantir que você está usando o produto corretamente
  • Proteja sua pele dos raios solares, uma vez que alguns tratamentos podem reagir quando em contato com o sol.

Complicações possíveis

A acne não tratada pode causar feridas na pele, que se contaminadas acarretam em infecções. Em alguns casos, a acne pode causar cicatrizes na pele mesmo após o tratamento.

Prevenção

Prevenção

Você pode adotar alguns hábitos para prevenir a acne ou evitar que ela fique pior:

  • Lave gentilmente a pele todos os dias. Evitar esfregar com muita força ou lavar excessivamente
  • Evite suar muito se você acha que isso tornará a sua acne pior. Caso não seja evitável, higienize o rosto após a atividade
  • Lave seus cabelos com frequência e evite que eles fiquem muito oleosos
  • Evite produtos para cabelo (como gel, mousse, leave-in e pomada) que sejam muito oleosos
  • Evite tocar o rosto com frequência ou encostá-lo em objetos
  • Vista roupas leves e evite tecidos sintéticos
  • Evite a exposição da pele a óleos e outros produtos químicos.

Fontes e referências

  • Sociedade Brasileira de Dermatologia
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não