PUBLICIDADE

Hiperparatireoidismo: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Hiperparatireoidismo?

Hiperparatireoidismo é a condição em que há excesso do hormônio paratormônio, responsável pelo equilíbrio do cálcio, vitamina D e fósforo presente no sangue e nos tecidos que precisam desses nutrientes, como os ossos, por exemplo.

PUBLICIDADE

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esse hormônio é produzido pelas quatro glândulas paratireoides, que são do tamanho de um grão de arroz e se localizam em cada um dos quadrantes da glândula tireoide, presente no pescoço.

Tipos

O hiperparatireoidismo pode ser classificado como primário ou secundário. No primário, a causa do excesso de hormônio da paratireoide é sempre diretamente na glândula, enquanto o secundário tem alguma doença subjacente que faz com que as glândulas paratireoides trabalhem a mais.

Causas

Hiperparatireoidismo primário

Nele, o excesso de paratormônio é causado devido ao trabalho excessivo de pelo menos uma das glândulas paratireoides, o que resulta em um excesso de cálcio no sangue (quadro também chamado de hipercalcemia).

Em geral, isso ocorre devido a algumas causas específicas:

Raramente, o problema pode ser causado por um tumor cancerígeno.

Hiperparatireoidismo secundário

Ocorre quando o excesso de produção do paratormônio é devido a uma queda dos níveis de cálcio no sangue, decorrente de alguma condição subjacente, como:

Fatores de risco

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, o hiperparatireoidismo primário é mais comum em pessoas com mais de 60 anos e no sexo feminino. Além disso ele pode ocorrer mais facilmente quando se tem algumas condições:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Últimas perguntas sobre Hiperparatireoidismo

Sintomas

Sintomas de Hiperparatireoidismo

O hiperparatireoidismo normalmente é diagnosticado antes de os sintomas se tornarem aparentes. No entanto, quando eles se manifestam antes do diagnóstico, normalmente são:

Outros sintomas mais graves podem aparecer, como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Procure ajuda médica se você apresentar o grupo de sintomas acima. Mesmo que eles não sejam causados pelo hiperparatireoidismo, eles podem estar sendo causados por outros problemas de saúde também importantes.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar uma hiperparatireoidismo são:

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Caso seu exame dê um aumento de cálcio no sangue, algumas perguntas básicas incluem:

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Diagnóstico de Hiperparatireoidismo

O principal teste para o diagnóstico do problema é o exame de sangue que mostrará se há excesso de cálcio e do hormônio da paratireoide no seu organismo. Nesses casos, o médico certamente pedirá outros exames, para confirmar a causa do problema, como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Hiperparatireoidismo

A escolha de tratamento dependerá da classificação do hiperparatireoidismo, intensidade dos sintomas, entre outros fatores. As opções terapêuticas são:

Cirurgia

A cirurgia consiste na retirada da glândula afetada e que está produzindo mais hormônio do que o normal, por isso este é o tratamento mais comum para o hiperparatireoidismo primário e traz a cura em 95% dos casos, de acordo com a Mayo Clinic.

Em geral a alta é dada no mesmo dia, pois a cirurgia é feita por pequenas incisões e anestesia local. As complicações são raras e incluem danos às cordas vocais e uso de suplementos de cálcio e vitamina D.

Medicamentos

Alguns casos podem ser resolvidos com medicação. Os principais remédios usados para tratar o hiperparatireoidismo são:

É importante lembrar que todos os medicamentos possuem efeitos colaterais e devem ser usados de acordo com a orientação do seu médico.

Mudanças de hábitos

Muitas vezes o médico recomendará um aumento no consumo de cálcio e na obtenção de vitamina D. Com isso, mudanças na dieta e no dia a dia serão necessárias.

Para obtenção maior de cálcio é importante consumir alimentos ricos no nutriente, como laticíneos, tofu, brócolis, sardinha, espinafre, semente de gergelim, soja, linhaça, grão de bico, aveia e chia.

No caso da vitamina D, para evitar a carência do nutriente é interessante incluir na dieta alimentos ricos nesta substância e também tomar entre 15 e 20 minutos de sol sem proteção solar e com braços e pernas expostos todos os dias. Apesar de alimentação e exposição solar serem complementares, este último garante entre 80 e 90% da síntese de vitamina D.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Alguns hábitos colaboram com o tratamento do hiperparatireoidismo, entre eles:

Complicações possíveis

Entre as complicações do quadro de hiperparatireoidismo não tratado podemos encontrar:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

Não há forma conhecida para prevenção do hiperparatireodismo primário. Quanto o secundário, o ideal é consumir quantidades adequadas de cálcio, investigar se há deficiência de vitamina D e consumir bastante líquidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Referências

Revisado por: Fadlo Fraige Filho, ndocrinologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo (CRM/SP 13986)

Clínica Mayo – organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.