Histoplasmose

Visão Geral

O que é Histoplasmose?

Histoplasmose é uma infecção que ocorre por inspirar esporos do fungo Histoplasma capsulatum.

Exames

A histoplasmose é diagnosticada por:

  • Biópsia de pulmão, pele, fígado ou medula óssea
  • Exames de sangue ou urina, para detectar proteínas histoplasmose ou anticorpos
  • Hemoculturas, urina ou saliva (este exame proporciona o mais claro diagnóstico da histoplasmose, mas os resultados podem demorar 6 (seis) semanas)

Para ajudar a diagnosticar esta condição, o seu médico pode realizar:

  • Broncoscopia
  • Tomografia computadorizada de tórax
  • Raio x do tórax
  • Punção espinal para procurar sinais de infecção no fluido cerbrospinal (CSF)

Sinônimos

Febre do vale do Rio Ohio; Mediastinite fibrosante

Mais sobre Histoplasmose

A histoplasmose é uma infecção fúngica. Ela ocorre em todo o mundo. Nos Estados Unidos é mais comum nas regiões Sudeste, Médio Atlântico e estados centrais.

O fungo Histoplasma cresce como um mofo no solo. Você pode ficar doente quando inspirar os esporos produzidos pelo fungo. Solos que contêm fezes de pássaros ou morcegos podem ter maiores quantidades deste fungo. A ameaça é maior após a derrubada de uma construção antiga ou em cavernas.

Estar com o sistema imunológico enfraquecido aumenta o seu risco de contrair ou reativar esta doença. Pessoas muito jovens ou muito velhas, ou aquelas com AIDS, câncer ou um órgão transplantado têm sintomas mais graves.

Pessoas com doença pulmonar crônica (como o enfisema e bronquiectasia) têm maior risco de uma infecção mais grave.

Consulte o seu médico se você viver em uma área onde a histoplasmose seja comum, e você desenvolver sintomas de gripe, dor no peito, tosse e falta de ar. Embora existam muitas outras doenças que têm sintomas semelhantes, você pode precisar ser examinado para a histoplasmose.

Sintomas

Sintomas de Histoplasmose

A maioria das pessoas não têm sintomas, ou apenas tem uma doença semelhante a uma gripe leve.

Se os sintomas ocorrem, eles podem incluir:

A infecção pode estar ativa durante um curto período de tempo e, em seguida, os sintomas desaparecem. Algumas vezes, a infecção pulmonar pode tornar-se de longa duração (crônica). Os sintomas são:

  • Dor no peito e falta de ar
  • Tosse, possivelmente tosse com sangue
  • Febre e sudorese

Num pequeno número de pacientes, a histoplasmose pode espalhar-se por todo o corpo, causando irritação e inchaço (inflamação), em resposta à infecção. Os sintomas podem incluir:

  • Dor no peito pelo inchaço no tecido que reveste o coração (pericardite)
  • Dor de cabeça e rigidez do pescoço pelo inchaço no revestimento do cérebro e da medula espinhal
  • Febre alta

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Histoplasmose

Na maioria das vezes, a infecção desaparece sem tratamento.

Se você estiver doente há mais de um mês ou estiver tendo dificuldade para respirar, o médico pode prescrever medicamentos. O principal tratamento para histoplasmose consiste em remédios antifúngicos. Anfotericina B, itraconazol e cetoconazol são os tratamentos habituais.

  • Antifúngicos podem precisar ser administrados via venal, de acordo com a forma ou o estágio da doença.
  • Alguns desses medicamentos podem ter efeitos colaterais.

Às vezes, o tratamento prolongado com medicamentos antifúngicos pode ser necessário. Você pode precisar tomar esses medicamentos por até 1 a 2 anos.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

As cicatrizes na cavidade torácica podem reter:

  • Os principais vasos sanguíneos que transportam sangue para e do coração
  • O próprio coração
  • O esôfago (tubo alimentar)
  • Os nódulos linfáticos

O aumento dos gânglios linfáticos no tórax (chamados granulomas mediastinos) pode pressionar partes do corpo como o esôfago e os vasos sanguíneos dos pulmões.

Expectativas

A perspectiva depende da gravidade da infecção e de saúde do paciente. Algumas pessoas melhoram sem tratamento. Uma infecção ativa geralmente desaparece com o medicamento anti-fúngico, mas pode ficar uma cicatriz dentro do pulmão.

A taxa de mortalidade é maior em pessoas com histoplasmose generalizada não tratada (disseminada) cujo sistema imunológico não esteja funcionando bem.

Prevenção

Prevenção

A histoplasmose pode ser evitada pela redução da exposição à poeira em galinheiros, cavernas de morcegos e outros locais de alto risco. Usar máscaras e outros equipamentos de proteção se você trabalhar nestes ambientes.

Fontes e referências

  • Deepe GS Jr. Histoplasma capsulatum. In: Mandell GL, BennettJE, Dolin R, eds. Principles and Practice of Infectious Diseases. 7th ed. Philadelphia, Pa: Elsevier Churchill Livingstone; 2009:chap 264.
  • Kauffman CA. Histoplasmosis. In: Goldman L, Schafer AI, eds. Cecil Medicine. 24th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:chap 340.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não