Sangue no esperma

Visão Geral

O que é Sangue no esperma?

A presença de sangue no esperma, chamada em termos médicos de hematospermia, é um problema que, em geral, causa muitas preocupações ao homem. Podendo ser tanto em níveis microscópios quanto em níveis muito maiores, possível ser enxergado a olho nu, o sangue no esperma deve ser examinado e sua causa subjacente investigada.

Atenção: a presença de sangue no fluido ejaculatório não indica um problema de saúde grave necessariamente. Por isso, consulte um médico o quanto antes.

Causas

O sangue no esperma geralmente é causado por uma inflamação das vesículas seminais, responsável pela produção do sêmen. Esta inflamação pode acontecer devido a inúmeras razões, sendo a principal delas alguma doença sexualmente transmissível (DST).

Mas a presença de sangue no sêmen também pode ser resultado tanto de um bloqueio, quanto de uma infecção ou lesão. Geralmente, o esperma com sangue indica a presença de algum problema na próstata, na uretra, nos testículos ou no epidídimo.

Confira as principais possíveis causas para a presença de sangue no sêmen:

Além disso, o sangue no esperma também pode ocorrer como um efeito de exames, tratamentos e o uso de medicamentos específicos, como:

  • Hematospermia iatrogênica após instrumentação urogenital
  • Exames endoscópicos
  • Biópsia da próstata
  • Uso de medicamentos anticoagulantes

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

O sangue no esperma não pode ser diagnosticado sem o auxílio de um médico. Além disso, por mais que não signifique nenhum problema de saúde mais grave, é um sintoma um tanto quanto assustador para o homem. O ideal é sempre consultar um especialista para que a causa subjacente à presença de sangue no sêmen seja identificada e devidamente tratada.

Fique atento, também, ao surgimento de outros sintomas juntamente ao sangue no esperma, como:

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas relativas à presença de sangue no esperma estão:

  • Clínico geral
  • Urologista
  • Angiologista
  • Hematologista
  • Infectologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando você notou a presença de sangue no esperma pela primeira vez?
  • Houve reincidência do problema? Quantas vezes?
  • Você notou o surgimento de outros sintomas? Quais?
  • Qual a intensidade e frequência dos sintomas?
  • Você tomou alguma medida para aliviar os sintomas? Quais? Funcionou?
  • Você foi diagnosticado com alguma condição médica? Qual?
  • Você faz uso de algum tipo de medicamento? Qual?
  • Você está fazendo algum tipo de tratamento?
  • Você sente dores? Onde? Em que situações?
  • Você tem conseguido manter relações sexuais?
  • Há dor ao ejacular ou urinar?
  • Você tem ou já teve alguma DST?

Fontes e referências

  • Ministério da Saúde
  • Hospital Urológico de Brasília
  • Clínica Mayo
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não