PUBLICIDADE

11 ideias de alimentação saudável para quem mora sozinho

Disciplina, criatividade e planejamento ajudam a manter uma dieta equilibrada

Lanches, fast food ou congelados? O que temos para hoje? Essa é a rotina de quem mora sozinho e por preguiça, falta de tempo ou de afinidade com o fogão, acaba optando por pratos prontos e práticos que ajudam a economizar tempo, mas muitas vezes detonam a saúde e a dieta. "independente da situação em que você se encontre, deve ficar claro que a alimentação saudável é aquela que equilibra os nutrientes e mantém o corpo e a mente em dia. Congelados e fast foods, embora saborosos, não entram neste grupo", explica a endocrinologista Ellen Simone Paiva.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ajustar a vida corrida do dia a dia a uma dieta balanceada é tarefa difícil e é preciso criatividade, planejamento e muita disciplina para não extrapolar no consumo dos industrializados, por isso selecionamos algumas dicas que vão te ajudar montar e a manter o cardápio balanceado e cheio de saúde. Confira a seguir:

Monte um plano

Monte um plano - Getty Images
Monte um plano - Getty Images

Elabore um cardápio semanal programando o que irá comer nas refeições. Veja o que já tem na despensa, e faça uma lista do que falta comprar. Assim você aproveita os alimentos que já tem e compra apenas o que for realmente necessário. "Programar as refeições permite que você balanceie sua dieta e controle a quantidade de comida ingerida ao longo da semana, assim, não entra em crise com a balança", explica Ellen.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Fibras no prato

Fibras no prato - Getty Images
Fibras no prato - Getty Images

Ao elaborar seu cardápio, pense em opções práticas e leves como saladas, polpas de frutas e produtos integrais, que são ricas em fibras, nutrientes aliados da saciedade. "Uma boa pedida são as saladas prontas vendidas em saquinhos que, além de saudáveis, são acessíveis e garantem a presença das verduras no seu prato", sugere a endocrinologista.

Congelados do bem

Congelados do bem - Getty Images
Congelados do bem - Getty Images

Quando tiver um tempinho no fim de semana, prepare os alimentos do almoço (feijão, sopas, carnes, legumes cozidos) e congele em porções pequenas. Caso não seja possível, peça ajuda a alguém próximo ou encomende os pratos com cozinheiras que vendem refeições para fora ou em um restaurante. "O maior dilema das pessoas que moram sozinhas é o desperdício e a preguiça. É difícil saber a quantidade certa de comida a ser feita e daí bate o desânimo. Listar os alimentos e prepará-los em pequenas porções ajuda a evitar desperdícios e estimula a pessoa a se alimentar corretamente", diz Ellen.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foco no cardápio

Foco no cardápio - Getty Images
Foco no cardápio - Getty Images

Limite-se a comprar o que é necessário, evite aquelas guloseimas, como salgadinhos de pacote, bolachas recheadas, chocolates, petiscos, pois na hora da fome, você não pensará duas vezes em optar por estes alimentos em vez de preparar uma refeição saudável. Se você não os tiver em sua despensa, será mais fácil evitá-los, não é verdade?

De olho na validade

De olho na validade - Getty Images
De olho na validade - Getty Images

Compre pequenas quantidades de embutidos e frios (mussarela, presunto, peito de peru e outros), pois estragam facilmente, já que o prazo de validade é bem curto. "Outro grande problema de quem mora sozinho é a intoxicação. Os alimentos ficam meses na geladeira e acabam estragando ou passando do ponto, daí haja estômago", explica.

Sucos no copo

Sucos no copo - Getty Images
Sucos no copo - Getty Images

Se não tem a versão in natura das frutas, as polpas congeladas são excelentes opções para ter em seu congelador. Use elas em vez de sucos em pó, que são ricos em sódio e corantes artificiais. "Embora não substituam as frutas naturais, as polpas mantêm grande parte de seus nutrientes e facilitam a preparação de sucos. Outra opção é consumi-las com iogurte natural", explica Ellen.

Hora do lanche

Hora do lanche - Getty Images
Hora do lanche - Getty Images

Iogurtes e barras de cereais podem ser boas pedidas para se ter em casa, principalmente para quando surgir aquela vontade de comer um docinho, ou mesmo para os lanches intermediários.

Massa turbinada

Massa turbinada - Getty Images
Massa turbinada - Getty Images

Troque o miojo por massas instantâneas que bastam ir ao forno, com água ou leite, por alguns minutinhos e estão prontas. Elas são mais nutritivas e menos calóricas. A sugestão da nutri é incrementar o prato com legumes e vegetais picados que podem ser comprados já em pedaços e lavados nos sacolões e supermercados. Ficou fácil, não?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Prefira o sacolão à feira

Prefira o sacolão à feira - Getty Images
Prefira o sacolão à feira - Getty Images

Pois, nele você pode escolher os produtos que quer levar sem ter que comprar por bacia. Vá uma vez por semana, compre pequenas quantidades de verduras, legumes e frutas e dê preferência por aqueles tipos que não se estragam facilmente, como maçã, banana, uvas, laranja e no caso das folhas, opte por aquelas que não murcham com facilidade e que são da época. Assim, além diminuir a quantidade comprada, você economiza.

Sanduba liberado

Sanduba liberado - Getty Images
Sanduba liberado - Getty Images

Os sanduíches podem ser consumidos no jantar, desde que você saiba escolher os ingredientes. "Acrescente sempre verduras e legumes, escolha uma fonte de proteína (frango desfiado, carne fatiada, atum, peito e blanquet de peru, ricota e queijos brancos) e varie no tipo de pão (integral, sírio, francês, ciabata)", explica a nutri. "Compre um tipo e quando acabar, experimente outro. Prefira requeijão, cream cheese, geleia. Substitua a maionese e a manteiga pelo azeite", sugere Ellen Paiva.

Refeição leve no jantar

Refeição leve no jantar - Getty Images
Refeição leve no jantar - Getty Images

Uma boa opção é trocar a lasanha congelada de sua marca preferida ou o sanduíche do fast food por pratos prontos vendidos em restaurantes ou por cremes de legumes com carne, que podem ser batidos no liquidificador e depois congelados.