PUBLICIDADE

Homens e mulheres têm diferentes formas de encarar a dieta

Elas reclamam do regime restritivo que eles seguem e da diminuição da vida social

Homens e mulheres são mesmo muito diferentes ao encararem os desafios de uma dieta. Isso pode causar certos conflitos que acabam revelados durante as consultas médica e nutricional. Muitas vezes, as dietas unem. Outras vezes, chegam a separar casais, que acabam por entender que o foco da vida de um seria muito diferente da vida do outro e que as farras gastronômicas seriam o único vínculo do casal. Felizmente, a maioria dos atritos acaba em pizza!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estética e Saúde

As mulheres, desde meninas, aprendem a "fechar a boca" antes das festas e das ocasiões importantes. Qualquer uma delas, mesmo as mais magras e elegantes, declaram que estariam melhores com dois quilinhos a menos. Dessa forma, não hesitam em procurar os consultórios médicos para alcançar um padrão estético ideal. Lançam mão de tratamentos alternativos, folheiam revistas em busca de novidades para emagrecer e topam qualquer parada. O objetivo, na maioria das vezes, é a busca da beleza. E quem não tem essa preocupação que atire a primeira pedra!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O rigor de um plano nutricional, geralmente, garante o seu sucesso e, na impossibilidade de mantermos nossos compromissos com a dieta, é melhor evitar os riscos de se expor.

Os homens são resistentes. Embora muitos já estejam realmente preocupados com a estética, eles não se mobilizam por ela. Até gostariam de alcançar um peso a menos, mas o apelo não é tão forte para abdicar do churrasquinho e da cerveja gelada com os amigos após o futebol. A não ser que uma fatalidade mude a história e o fato mais comum que pode fazer os marmanjos a buscarem ajuda para emagrecer é um infarto entre os amigos. Sim, só mesmo uma fatalidade. Daí eles correm em bando para o médico e fazem todos os exames e se dispõem, finalmente, a abrir mão de alguns dos seus maiores prazeres para reduzir a barriga. Antes tarde do que nunca!

A injusta diferença do metabolismo entre os sexos

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Elas entram na puberdade ganhando preciosas e perigosas gordurinhas. Remodelam quadris e torneiam coxas, ganhando as formas femininas. A musculatura é pequena em relação à gordura corporal. Isso, por si só já explica o pequeno gasto calórico basal das mulheres. O pior dessa história é que isso tende a se agravar devido à redução progressiva da massa magra que ocorre com o passar dos anos e as mulheres têm uma tendência real a ganhar peso durante toda a vida.

Eles entram na puberdade ganhando apenas musculatura. O hormônio masculino em ascensão nos meninos garante menos gordura corporal e mais massa magra. Remodelam bíceps e peitorais. Isso, por si só, já explica o maior gasto calórico basal dos homens. Mesmo que eles não façam musculação ou esportes, o metabolismo deles será sempre muito além do delas. Com a avançar da idade, eles também perdem massa muscular, mas a natureza privilegiada dos homens mantém, ao longo de suas vidas, uma queima calórica que possibilita a manutenção de um peso adequado, mesmo em idade avançada.

A adesão e o rigor das dietas

Desde muito cedo, as mulheres fazem dieta. Estão acostumadas com os altos e baixos do perder e ganhar peso. Mesmo assim, não titubeiam em voltar ao seu médico e nutricionista para novas empreitadas. Levam suas dietas à margem de suas vidas, nem muito displicentes, nem muito rigorosas. Se o namorado ou marido as convida para jantar, elas topam na hora. Isso não abala suas dietas, pois no dia seguinte, lá estão elas novamente, observando as calorias dos alimentos e tentando compensar o vinho e a sobremesa da noite passada.

Os homens dificilmente fazem dieta. Quando jovens, são trazidos pelas mães e quando adultos, pela namorada ou esposa. O espanto vem com a forma com que eles encaram seus cardápios e seus propósitos. Seguem rigorosamente. Se é para perder peso, vamos perder logo! Muita pouca coisa os libera de seus compromissos com o novo cardápio. Levam suas dietas com prioridade em suas vidas e abrem mão dos excessos gastronômicos dos finais de semana. Quando eles relaxam a guarda e saem do regime, muitas vezes deixam definitivamente os tratamentos de lado. Não sabem retomar as rédeas do tratamento após um deslize.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Um conflito a ser analisado

Finalmente, o homem resolve fazer dieta e o resultado, geralmente, é surpreendente. Eles passam a se alimentar mais regularmente, escolhem melhor seus alimentos e são disciplinados. Estão focados em sua saúde e isso impulsiona favoravelmente seu tratamento. O esperado seria que os casais encontrassem assim mais um ponto em comum. Mas, o que observamos é a formação de um conflito, onde a mulher passa a reclamar do comportamento rigoroso dos homens, da redução dos eventos sociais, do mau humor masculino diante da privação dos alimentos e do álcool e até de que eles estão magros demais!

Elas têm alguma razão nisso, pois a família acaba perdendo um pouco os momentos de maior relaxamento e lazer. Como as dietas são para a vida toda, o ideal seria seguir um cardápio sem comprometer tanto esses momentos importantes. Isso certamente evitaria o mau humor ou a melancolia que sentimos diante das privações. E o homem não foge à regra, pois também passa a ter um comportamento muito diferente do que sua família está acostumada.

Eles também têm alguma razão nisso, pois o rigor de um plano nutricional, geralmente, garante o seu sucesso e, na impossibilidade de mantermos nossos compromissos com a dieta, é melhor evitar os riscos de se expor. Além disso, em casa, as coisas podem ser mais planejadas e os alimentos mais selecionados, sem que isso signifique monotonia ou mau humor. Programar um jantar em casa para eles pode ser mais seguro.

A saída para o impasse é entender que a dieta não precisa ser tão restritiva e que ela pode ser versátil e flexível. Os passeios podem e devem ser mantidos. Os amigos não devem ser evitados e o romance do casal não pode perder o encanto de uma refeição deliciosa a dois. Para isso, é preciso entender as possibilidades das trocas e das escolhas dos alimentos. Elas são várias e possibilitam que façamos refeições adequadas numa cantina, numa churrascaria, num "self service", ou, até mesmo, em uma lanchonete! Além disso, existem ocasiões, tão importantes, que é impossível seguir regras, aliás elas se tornam totalmente desnecessárias!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)