PUBLICIDADE

Proteja sua pele das manchas se o bronzeado descascar

Saiba como conter a coceira e evitar mais agressões ao corpo

Nem sempre o protetor solar é suficiente para evitar a descamação da pele após dias de sol. Principalmente quem passa, praticamente, o ano todo longe da exposição ao ar livre tende a sofrer com os descascados que, além de deixarem o bronzeado cheio de manchas, oferecem diversos riscos para saúde.

Para entender melhor como essas descamações prejudicam a saúde da pele, O MinhaVida conversou com o dermatologista e especialista do portal Cesar Cuono "Para que a pele não descasque é preciso, além de repassar o protetor a cada duas horas, evitar uma agressão excessiva do sol", diz o médico. Na prática, isso significa permanecer na sombra nos horários de pico e optar por alguns itens como camiseta e chapéu. Quando a pele descasca é sinal de que ela foi muito agredida, o que causou uma queimadura.

Luciana Alves é um exemplo da dor de cabeça que o descuido pode gerar. "Passei o final de ano na praia e, como minha pele não é muito clara, descartei o protetor solar para me bronzear mais rápido. O resultado? Manchas espalhadas por todo corpo, além de uma série de pintas que só poderei clarear quando começar o inverno", afirma a banhista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidados

O problema fica ainda mais grave quando a pele descascada continua sendo agredida pelos raios solares, o que pode intensificar o problema e aumentar os riscos de uma insolação, câncer de pele e queimaduras mais graves. "Não há dúvida de que os cuidados precisam ser maiores quando a pele já está descascada, dada a exposição da camada mais profunda, que ficará sujeita a novas queimaduras ou até infecções", alerta o dermatologista. Por isso, nada de tomar sol em cima da pele que está se refazendo.

Bolhas

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As bolhas são outra característica da pele que sofreu fortes agressões solares. "As bolhas aparecem por queimadura direta pelo Sol, como se fosse com água quente, ou indicando o inicio do processo de descamação", afirma o médico. Para evitar é só não agredir a pele, usando protetores com FPS acima de 30 e não se expondo muito aos raios solares. E nada de estourar quando elas já estiverem formadas, deixe que isso aconteça naturalmente. Se perceber alguma coisa diferente corra para um especialista.

Coça, coça

Quando a pele está descascando é comum sentir uma forte coceira, que pode ocasionar ferimentos na pele que já está sensível. Ela acontece devido à descamação, mas nada de coçar. "Para a coceira acabar basta hidratar bem a pele, ao menos duas vezes por dia. Se a coceira for muito intensa é necessário o uso de uma loção ou creme com cortisona, receitas por um médico".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Puxar a pele que se solta

Não existe uma pessoa que resista: deixar de puxar as peles que estão soltando é uma tarefa quase impossível. Mas esta não é a melhor atitude. Se você tem uma casca ou pele que está aderida é porque ainda não houve cicatrização embaixo dela. Por isso, a importância de deixá-la se soltar sozinha. Uma opção para acelerar o processo é passar cremes hidratantes ou óleo de amêndoas.