PUBLICIDADE

Terapias corporais nas empresas

Funcionários ganham qualidade de vida no horário comercial

Atualmente, muitas empresas de médio e grande porte estão se adequando às leis quando se trata à integridade física do seu quadro funcional. Esse cuidado é feito através de uma equipe multidisciplinar composto pela maioria das vezes pelo Médico do Trabalho, Técnico e Engenheiro de Segurança do Trabalho, Terapeuta Holístico, Educadores Físicos e Fisioterapeutas, entre outros colaboradores, diretos e indiretos, para a implantação de um programa de saúde visando a prevenção da saúde física e emocional dos colaboradores da empresa.

A necessidade da prática de exercícios físicos no local de trabalho remonta a Revolução Industrial (Inglaterra, século XVIII). A partirdesta época, o número de colaboradores com Lesões por Esforços Repetitivos e Distúrbios Osteomoleculares Relacionados ao Trabalho (L.E.R./D.O.R.T.) aumentou consideravelmente. O advento de novos processos de produção trouxe em seu bojo mudanças consideráveis no ambiente de trabalho.

Com o surgimento e o aumento da utilização dos computadores, surge o "Desktop stress" que é o estresse causado pelo ambiente de trabalho que temos nos dias de hoje. As pessoas normalmente passam o dia todo sentadas em suas mesas, com os dedos sobre o teclado numa posição onde seu corpo fica contraído e isto não é uma posição natural. Os problemas começam com o pescoço e costas seguindo para os braços e mãos, músculos e fadiga nos ligamentos por permanecerem na mesma posição por um prolongado tempo. E é isto que temos que evitar.

As conseqüências vão desde artrites, dores no pescoço, problemas nas costas, isto sem mencionar as atrofias. A maioria das pessoas tendem a se mover depois de executarem suas atividades, mas aquelas que ficam sentadas em suas cadeira, coladas no computador o dia inteiro correm um grande risco de atrofiarem os músculos, além de torná-los mais fracos.

Estatísticas atuais apontam que cerca de quatro milhões de brasileiros são submetidos a tratamento em razão de dores provocadas pela postura incorreta no trabalho e pela pressão diária de situações competitivas. Surgiu, então, a necessidade da criação de atividades que atuem direta e especificamente na prevenção de doenças nos sistemas muscular e nervoso dos trabalhadores. No passado, muitas empresas achavam que incluir sessões de massagem no ambiente de trabalho de seus empregados reduzia as horas produtivas. Mas o surgimento de empresas mais jovens e inovadoras está provando que os resultados positivos que a massagem trás a seus funcionários é muito satisfatório. Vai desde a melhoria do estado de espírito até aumento no índice de produção, já que um funcionário estressado e desanimado não consegue se concentrar nas atividades.









NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)