PUBLICIDADE

Educar os filhos também é um processo de aprendizagem para os pais

Saber questionar suas atitudes pode contribuir com o desenvolvimento da criança

As intensas mudanças e a rapidez com que essas mudanças acontecem aumentam a defasagem entre a quantidade de informações que recebemos e a nossa capacidade de absorvê-las, gerenciá-las.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Isso vem afetando os diversos segmentos da sociedade, principalmente a educação. Os grandes responsáveis pela educação da criança e do adolescente não estão sabendo como desempenhar o seu papel de forma assertiva e equilibrada.

Há trinta, quarenta anos, a tarefa de criar filhos era aparentemente simplificada pela existência de regras e tradições inquestionáveis, como 'criança não dá palpite', 'criança tem que obedecer aos pais' e 'criança não tem que querer'.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Era uma espécie de código de educação. Mas hoje essas formas tradicionais de criar filhos foram profundamente questionadas através de inúmeras teorias desenvolvidas por especialistas no assunto de "como criar filhos". Muitas dessas teorias são confusas e às vezes contraditórias, aumentando a distância entre teoria e prática.

O que observamos no decorrer desses anos é a falência da autoridade dos pais em casa e dos professores na sala de aula. A falta de tempo, a insuficiência de recursos financeiros e a orientação inadequada dos pais são alguns dos fatores que dificultam o processo educativo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cada fase do desenvolvimento da criança e do adolescente precisa ser compreendida e respeitada, uma vez que cada etapa serve de base para a próxima.

Dispor ou não de tempo é também uma questão de 'o que' e 'como' fazer. Não se trata simplesmente de estar juntos. É preciso ter em mente que mesmo pouco tempo com os filhos é importante. Quanto mais momentos de qualidade você dedicar a seus filhos, melhores serão os resultados.

Educar os filhos hoje é uma tarefa complexa e para desempenharmos bem este papel é preciso preparo e treinamento. Estudamos muitos anos para exercer uma profissão e, a cada ano, continuamos aprendendo e nos aperfeiçoando profissionalmente e nos adaptando às mudanças no mercado e no mundo corporativo.

No entanto, para ser pais e mães, na maioria das vezes, a única bagagem de que dispomos é nossa própria experiência com eles, nossa sensibilidade, a força do nosso amor e o propósito de fazer o que os nossos pais fizeram (ou exatamente o oposto). Embora tudo isso seja indispensável, não é o bastante, não é o suficiente.

Não existe receita para ser pai e mãe, mas há atitudes educativas e deseducativas que podem facilitar ou dificultar o bom desenvolvimento psicológico e emocional da criança.

Cada fase do desenvolvimento da criança e do adolescente precisa ser compreendida e respeitada, uma vez que cada etapa serve de base para a próxima. Por isso, é necessário estar cada vez mais preparados para essa nova realidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Se você já tem filhos e percebe que 'faz muita coisa errada' ou tem dúvidas sobre como deve agir, respire fundo e faça algo diferente, pois se continuar fazendo o que sempre fez vai continuar obtendo o que sempre obteve. E vamos em frente, pois há muito para aprender. Procure ajuda e orientação adequadas.

Educar não é mudar alguns comportamentos num momento de crise. Educar é um processo que leva a vida toda. Ser pai e mãe é apresentar a criança a si mesma e ao mundo com atenção, carinho, respeito e limites.

"Todo ser humano é um educador em potencial, pois já nasce aprendiz".

Walkyria Coelho é psicóloga e instrutora da SBPNL - Sociedade Brasileira de ProgramaçãoNeurolinguística