PUBLICIDADE

Melhores repelentes para grávidas: descubra quais usar

O uso de repelente durante a gravidez pode prevenir a infecção por doenças como dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O uso de repelentes é de extrema importância para que grávidas protejam-se contra a picada de mosquitos, especialmente do Aedes Aegypti, responsável pela transmissão de doenças como dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela. A proliferação dos mosquitos aumenta durante a época das chuvas, mas merece atenção e cuidado o ano inteiro.

O maior problema sobre a infecção por essas arboviroses em gestantes é o aumento do risco gestacional e prejuízos ao desenvolvimento fetal. Além disso, esse tipo de infecção ainda pode causar parto prematuro, aborto espontâneo, descolamento prematuro da placenta, pré-eclâmpsia e até morte materna.

As estratégias preventivas consideradas mais eficientes são o controle do vetor, incluindo o combate aos criadouros do mosquito, proteção de janelas com telas, redução da área exposta do corpo e, principalmente, o uso de repelentes pelo maior tempo possível.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Repelentes seguros para gestantes

Entre as diversas opções de repelente no mercado, é possível observar algumas variações nas composições lendo os rótulos dos produtos - e também os repelentes mais indicados para gestantes. De acordo com a dermatologista Luciana de Abreu, da clínica André Braz, os princípios ativos diferenciam-se uns dos outros. Entenda:

DEET

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

IR3535

Icaridina

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando reaplicar o repelente?

O tempo correto para a reaplicação de cada repelente varia de acordo com a embalagem do produto. Portanto, é preciso ler o rótulo com atenção pois o uso do repelente é parecido com o do filtro solar, ou seja, após banho de mar ou piscina, por exemplo, também é preciso reaplicá-lo.

Repelente natural: realmente funciona?

Existem alguns produtos naturais que podem ser utilizados como alternativa ao repelente sintético. Contudo, ao usar um repelente natural, é preciso reaplicá-lo, pelo menos, a cada uma hora. Segundo Dayana Couto, ginecologista, obstetra e especialista em reprodução humana do Grupo Huntington, as opções seguras e eficientes de repelente natural são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nesses casos, é preciso lembrar que o uso do repelente natural deve ser feito sempre após a aplicação do protetor solar a fim de evitar possíveis queimaduras na pele.

Qual repelente escolher?

Atualmente existem diversas opções de repelente com valores para todos os bolsos. É possível encontrá-los principalmente em drogarias, perfumarias ou na internet. De acordo com a ginecologista Dayana Couto, as melhores opções de repelente para grávidas são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)