Médica do DF dança com mulheres em trabalho de parto; veja vídeo

Técnica ajuda a reduzir as dores do momento; saiba quais as outras opções

Buscando unir duas paixões, dança e obstetrícia, a médica Isadora Juncal, do Hospital Regional de Ceilândia, dança com suas pacientes em trabalho de parto. Na última semana, ela gravou um vídeo da sala animada e as imagens receberam mais de 200 comentários. Movimentar-se é uma das indicações para reduzir as dores do momento em que o bebê está para nascer.

https://www.instagram.com/p/BnEYskyBz-w/
https://www.instagram.com/p/BnEYskyBz-w/

No vídeo, as gestantes estão dançando a música "Não Fala Não Pra Mim", de Humberto e Ronaldo. Na legenda, Isadora fez referência à letra: "Os bebês aqui só dizem SIM pra mim, bebê".

Reduzir as dores do trabalho de parto

A técnica é um dos jeitos para reduzir as dores do trabalho de parto. Muita gente nem desconfia, mas a mulher não precisa ficar na cama durante o trabalho de parto. Algumas maternidades são equipadas com bolas de pilates e cavalinhos, instrumentos que estimulam a movimentação da mulher durante o trabalho de parto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com um estudo realizado na Escola de Enfermagem Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP), essa movimentação reduz o tempo de parto, e com isso diminui também as dores. "De pé, a ação da gravidade ajuda a puxar o bebê, e a parturiente não fica apenas deitada na cama pensando na dor, mudando o foco", considera Telma Zakka, ginecologista especialista em dor. Além disso, os movimentos com a bacia podem ajudar. "Acredita-se que eles melhoram a posição do bebê na bacia", expõe o obstetra Marcelo Burlá.

Além do movimento, há algumas técnicas para reduzir as dores do trabalho de parto.

1 - Ter um acompanhante

A melhor forma de enfrentar o desconhecido é ter alguém amado ao seu lado, seja o parceiro, os pais ou alguma pessoa querida de quem está dando à luz. "Imagine chegar a um ambiente desconhecido e ficar ali sozinha? Existe até legislação dizendo que a mulher tem direito a um acompanhante na hora do parto", frisa a ginecologista e obstetra Telma Regina Mariotto Zakka.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2 - Respiração correta

Respirar é de suma importância para a vida, e também na hora de dar a luz. "Além de ser uma fonte de oxigênio, a respiração reduz a liberação de substâncias que pioram a dor e dá a mulher um controle emocional melhor", ressalta a obstetra Rossana Pulcineli

3 - Massagens relaxantes

Uma das funções do acompanhante pode ser justamente relaxar a gestante, e uma das formas de fazer isso é por meio de massagens, que colaboram com a hora do parto. "As contrações são esforços musculares e deixam a mulher inteiramente tensionada, por isso realizar massagens entre as contrações aumenta o conforto e o relaxamento", relaciona a obstetra Bárbara Murayama.

4 - Posição de parto

Aliás, ficar deitada durante o parto não é a posição mais interessante para mãe e para o bebê. De acordo com a especialista em dor Telma Zakka, são os médicos que mais se beneficiam com esse esquema, pois fica mais fácil puxar a criança, mas a parturiente sofre mais: "Estar deitada é uma posição antianatômica, pois obriga a mulher a fazer uma maior força abdominal do que ela faria sentada, por exemplo, aumentando a dor", considera a obstetra. Tanto que é assim que as mulheres davam à luz antigamente, de cócoras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

6 - Exercício durante a gravidez

Fazer atividade física durante a gravidez ajuda a mulher a lidar com a dor. "O preparo físico ajuda em tudo, desde a respiração correta até o desenvolvimento de uma musculatura mais firme no abdômen, que dá a mulher mais controle do que está fazendo na hora do parto e também da dor", explica Bárbara

7 - Água morna

Muitas maternidades que buscam a humanização do parto disponibilizam chuveiros ou banheiras para que as mulheres possam usar durante o trabalho de parto. "Água morna ajuda no relaxamento muscular, por isso bolsa de água quente, banho e banheira são tão bem vindos para a maioria das mulheres", explica a doula Samara.