PUBLICIDADE

Quem tem bico de papagaio pode fazer academia?

Saiba quais exercícios físicos são permitidos e que não prejudicarão ainda mais sua saúde

Quando falamos sobre o diagnóstico de bico de papagaio, muitas pessoas ficam com dúvida em relação ao que é permitido fazer e se haverá algum tipo de privação quanto à prática esportiva. Mas, antes dessa resposta, é importante ressaltar a condição dolorosa de cada pessoa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora a patologia não seja sinônimo de dor, muitos pacientes apresentam a doença sem ter conhecimento e acabam descobrindo devido a exames de rotina. Por ser silenciosa e não ter sintomas iniciais, o bico de papagaio pode causar repentinamente pinçamentos e dores maiores nas articulações, influenciando os movimentos.

O que é bico de papagaio

O "bico de papagaio" é um nome popular para a formação de osteófitos na coluna vertebral; isso é, saliências ósseas que surgem devido à degeneração das fibras do disco intervertebral, assim como por inflamações locais e deposição de cálcio nas áreas inflamadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mais comum em pessoas a partir dos 40 anos, a doença é degenerativa e pode resultar em perda de movimentos nas articulações. Geralmente o bico de papagaio é causado por postura incorreta, obesidade, envelhecimento, sedentarismo, estresse, tabagismo, alcoolismo e dietas não-saudáveis.

Mas, afinal, se tenho bico de papagaio posso fazer academia?

Ao contrário do que é popularmente conhecido, pessoas com patologias que afetam as condições motoras devem se exercitar e manter uma rotina ativa. Mas, como qualquer exercício físico, deve ser prescrito por um profissional para não intensificar a lesão e causar danos irreversíveis. Logo, se frequentada da maneira correta, as academias são grandes aliadas na recuperação e na melhora da qualidade de vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Atenção!

Após diagnosticada a doença por um ortopedista, é fundamental que seja feita uma avaliação física realizada por um fisioterapeuta em conjunto com um educador físico para definirem a rotina de exercícios, incluindo tipo, tempo e carga. E, obviamente, o paciente precisa entender as suas limitações, respeitando-as e seguindo as orientações. Jamais inicie uma rotina de exercícios por conta própria, com excesso de volumes de carga e força! Isso pode agravar a condição e prejudicar o tratamento.

Exercícios sem acompanhamento profissional podem levar a traumas irreversíveis na coluna e até mesmo contribuírem para aparecimento de novos bicos de papagaio. Em casos mais graves, será necessária a realização de cirurgia.

Vantagens da academia para quem tem bico de papagaio

Vale ressaltar que a coluna deve ser tratada através de movimentos e atividades físicas, dosando a necessidade e a condição física momentânea de cada um, sempre respeitando os limites da dor. Basicamente, a prática de atividade física, como aquelas praticadas em academias (musculação, calistenia, aulas de dança, entre outras), terá como foco manter o bom condicionamento muscular, controle motor (coordenação) e mobilidade das articulações, trabalhando através da prevenção da dor.

Então, se você tem bico de papagaio e quer melhorar seus movimentos, não tenha receio de ir à academia! Ela pode ser uma grande aliada.

Grande abraço e até mais!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)