Veja como prevenir e tratar a Doença de Chagas

Foi confirmado o primeiro caso de morte pela doença no Espírito Santo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que o primeiro caso de óbito por Doença de Chagas aguda foi confirmado no Espírito Santo nesta segunda-feira, 9 de abril. Uma garota de dois anos deu entrada em estado grave no Hospital Infantil de Vitória, no dia 5 de março, e morreu em poucas horas. Segundo a Sesa, desde 2007 até hoje, houve apenas três confirmações da transmissão da doença no estado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O Ministério da Saúde está realizando trabalhos de campo para combater o inseto transmissor. Até pouco tempo atrás o Brasil acreditava que a Doença de Chagas estava superada no país. Depois de uma forte campanha de erradicação do mal, cujo a contaminação ocorre pela picada do barbeiro, um inseto que abriga o parasita Tripanosoma cruzi, causador de infecções extremamente perigosas e nocivas ao coração e outros órgãos vitais, ele voltou a preocupar e colocou a Sociedade Brasileira de Cardiologia em alerta: casos da doença foram registrados, por contaminação oral, em zonas urbanas do país. As ocorrências mais recentes do mal de Chagas aconteceram pelo consumo de restos do inseto misturados a alimentos como caldo de cana e açaí e os número de casos registrados cresce, em média, 20% ao ano.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saiba como prevenir e tratar a Doença de Chagas - Foto: Getty Images
Saiba como prevenir e tratar a Doença de Chagas - Foto: Getty Images

Como ele ataca a sua saúde

Antes do registro de casos da doença de Chagas transmitida por via oral, algo menos comum até então, o barbeiro picava a sua vítima e, em seguida, defecava, depositando perto do local parasitas contidos em suas fezes. Ao receber uma picada do inseto a pessoa sente uma forte coceira no local, o que leva as fezes do barbeiro para a corrente sanguínea. Só o fato de passar a mão no local onde ele atacou e colocá-la em contato com os olhos e a boca já é suficiente para os parasitas entrarem no sangue.

Já nos casos da contaminação por via oral, o Tripanosoma cruzi entra na circulação pelo sistema digestivo. Além de se alojar no sangue, o parasita ataca o coração, intestino e esôfago e pode levar até 20 anos para que seus efeitos destrutivos dentro do organismo se manifestem. Em um estágio mais avançado, a doença chega a destruir a musculatura e provoca o inchaço dos órgãos atingidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As vítimas também apresentam arritimias cardíacas, febre, fraqueza no corpo, cansaço generalizado e em casos extremos pode haver morte súbita da vítima. Em casos onde os remédios não conseguem conter a doença, médicos apelam para a implantação de um marca-passo para controlar as batidas cardíacas do paciente, segundo o cardiologista Wilson Fernandes, de São Paulo. "O implante de um marca-passo pode prolongar a vida e aumenta bastante a qualidade dela para quem possui a doença". As lesões do coração e outros órgãos são irreversíveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamentos
A melhor forma de combater a Doença de Chagas ainda é por meio da prevenção e do controle quando a pessoa já tiver sido infectada. Se proteger do inseto com telas, inseticidas e higiene para que eles não se escondam em cantinhos escondidos da casa pode ajudar.

Ainda não há vacinas para combater o mal e os medicamentos existentes se mostram, em muitos casos, ineficazes. Para afastar a possibilidade de contrair a doença por via oral, o recomendando pela Sociedade Brasileira de Cardiologia é priorizar o consumo de alimentos higienizados com o composto hipoclorito de sódio, que é capaz de matar o Tripanosoma cruzi.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saiba como prevenir e tratar a Doença de Chagas - Foto: Getty Images
Saiba como prevenir e tratar a Doença de Chagas - Foto: Getty Images

Saiba como prevenir e tratar a Doença de Chagas