PUBLICIDADE

Tempo de vida de pessoas com HIV mais que dobra no Brasil

70% dos adultos e 87% das crianças diagnosticadas com HIV tiveram sobrevida superior a 12 anos

No dia 28 de maio, o Ministério da Saúde divulgou um estudo apontando que 70% dos adultos e 87% de crianças ambos diagnosticados com HIV, entre 2003 e 2007, tiveram sobrevida maior que 12 anos. Em 1996, a sobrevida dos pacientes que tinham a doença era de 5 anos ou seja, 58 meses. Isso porque, o tratamento não era disponibilizado para todos os portadores.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entre os anos de 2003 a 2007, o estudo analisou 112.103 pacientes adultos e 2.616 crianças no Brasil inteiro. Até o fechamento dos dados, em 2014, cerca de 77.659 (70%) adultos e 2.289 (87%) crianças permaneceram vivos.

O número de óbitos de adultos foram: 27.147 pacientes em decorrência da aids e 7.297 por consequências que não envolvem a doença. Já o número de crianças falecidas foi: 280 pacientes em decorrência da aids e 47 por outras causas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A pesquisa também levou em consideração a taxa de mortalidade de aids no período, análises estatísticas e modelos de riscos. Além disso, foi identificado durante o período do estudo que a taxa de mortalidade por aids em adultos diminuiu 89,1% e, em crianças 88,8%.

"Temos registrado um aumento importante da sobrevida das pessoas com aids. Isso se deve não só à evolução do tratamento antirretroviral, mas também à resposta brasileira para epidemia, que garante o tratamento para todos. O Brasil também investe cada vez mais na melhoria do diagnóstico, por meio da ampliação do acesso à testagem e à redução do tempo entre o diagnóstico e o início do tratamento", explica Gerson Pereira, diretor do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, do Ministério da Saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com o Ministério da Saúde, após o Brasil investir nas políticas públicas de combate ao HIV/aids reflete no aumento de tempo de vida dessa população.

O que é HIV?

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana (human immunodeficiency virus), que é o causador da aids. O HIV é uma infecção sexualmente transmissível (DST), que também pode ser contraída pelo contato com o sangue infectado e de forma vertical, ou seja, a mulher que é portadora do vírus HIV o transmite para o filho durante a gravidez.

Não há cura para a infecção pelo vírus HIV, mas há remédios que podem reduzir drasticamente a progressão da doença. Essas drogas reduziram o número de mortes em decorrência da infecção em grande parte do planeta, mas não é um tratamento simples e a pessoa infectada demandará diversos cuidados em todas as áreas de sua saúde. Saiba tudo sobre a doença clicando aqui!