PUBLICIDADE

Malhar de estômago vazio não ajuda a emagrecer

Fazer exercício em jejum pode até prejudicar a saúde

Uma revisão de vários estudos feitos pela National Strength and Conditioning Association (NSCA), nos Estados Unidos, e publicada na revista da instituição, afirma que fazer exercícios físicos de estômago vazio não oferece nenhum benefício à saúde e pode inclusive trazer malefícios ao corpo. Segundo os cientistas, muitas pessoas praticam atividades físicas em jejum, acreditando que, dessa maneira, irão queimar mais gordura.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estudos anteriores, feitos na década de 1990, defendiam que exercitar-se com o estômago vazio força o corpo a buscar combustível nos depósitos de gordura acumulada, em vez de correr atrás dos carboidratos mais facilmente disponíveis depois de um almoço ou lanche antes da malhação.

Mas, de acordo com os especialistas, o corpo queima basicamente a mesma quantidade de gordura, independente de a pessoa ter se alimentado ou não antes do exercício. Porém, o indivíduo pode perder musculatura fazendo esforço em um estado de esgotamento e, sem o combustível necessário para apoiar esse esforço, a intensidade do exercício e a queima global de calorias podem sofrer redução.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma das pesquisas revisadas para o relatório examinou ciclistas quando treinavam depois de comer e quando treinavam em jejum. Quando treinavam sem nada em seus estômagos, aproximadamente 10% das calorias queimadas vinham de proteínas, incluindo perda muscular.

Em outra pesquisa publicada em 2002, cientistas descobriram um benefício adicional de uma refeição pré-malhação: mulheres saudáveis que consumiam 45 gramas de carboidratos antes de seu exercício acabavam comendo menos durante o restante do dia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Escolha o prato certo

No entanto, mesmo que seja bom fazer uma refeição antes do treino, nem todos os alimentos são aconselháveis nessa hora. Quando os níveis de açúcar no sangue estão muito baixos, o organismo não consegue manter a mesma eficiência física. A hipoglicemia pode causar mal estar, sudorese fria, palidez cutânea, tremores, palpitações e até mesmo desmaios durante os treinos.

Para que você não tenha esse tipo de problema é importante comer alimentos que contenham açúcar até uma hora antes de começar a praticar exercícios, como os carboidratos (pão, biscoito, fruta, leite, iogurte adoçado, batata, arroz, macarrão ou barra energética). Durante o treino, esses nutrientes fornecerão energia e oxigênio, evitando a fadiga dos músculos. Os carboidratos também precisam fazer parte da refeição que sucede a atividade física. "Eles repõem o que foi perdido durante o treino e garantem que você continue disposto no restante do dia", afirma Roberta Stella, nutricionista do Dieta e Saúde.