MMA controla o estresse e melhora os reflexos

Veja como começar a praticar o MMA, quais os cuidados necessários, benefícios e mais

Saiba tudo sobre o MMA - Foto: Getty Images
Saiba tudo sobre o MMA

O MMA, sigla em inglês para artes marciais mistas, é justamente o que seu nome diz: uma mistura entre artes marciais. Nesta modalidade podem ser utilizadas as técnicas de qualquer tipo de arte marcial, como o jiu-jitsu, boxe, judô, muay thai e a luta olímpica. Sendo que o jiu-jitsu é a arte marcial mais utilizada no MMA.

PUBLICIDADE

Esta modalidade se desenvolveu aos poucos. Nos anos 20, Carlos Gracie, criador do Brazilian jiu-jitsu, realizava o desafio Gracie, que envolvia a luta entre diversas modalidades de artes marciais. Até que em 1993, Rorion Gracie, sobrinho de Carlos Gracie, criou nos Estados Unidos o primeiro UFC, um torneio de MMA, e isto fez com que a modalidade ficasse famosa no mundo inteiro. Antes da existência do MMA, havia a luta livre. A principal diferença entre os dois é que o MMA possui mais regras a fim de proteger a saúde do lutador.

Técnicas

Em pé os principais golpes do MMA são socos e chutes. Já no solo são utilizadas técnicas do jiu-jitsu e da luta livre. Além disso, podem ser utilizadas as técnicas de qualquer arte marcial durante a luta.


Uniformes e equipamentos

Na hora do confronto é importante que os lutadores usem bandagem e luvas nas mãos para proteger dedos e articulações, o protetor bucal também é orientado. Homens devem utilizar a coquilha e as mulheres podem vestir um protetor de seios, se preferirem.

Benefícios do MMA

Emagrecimento: O MMA é uma atividade completa que envolve muito aeróbico. Por isso, contribui para a queima de calorias e perda de peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Definição muscular: O MMA também é aliado dos músculos, ele contribui para o desenvolvimento dos glúteos, coxas, braços, abdômen e outros. Porém, não ocorrerá uma hipertrofia muscular considerável, mas sim a definição.

Melhora os reflexos: Este benefício ocorre porque quem pratica MMA precisa estar focado em todas artes marciais e desenvolver o raciocínio rápido para fazer a transição entre cada uma delas durante a luta.

Controla o estresse: Por envolver o confronto com outros indivíduos e ser uma atividade física intensa, o MMA ajuda a reduzir o estresse.

Como começar

Ao praticar o MMA é importante que a pessoa já possua graduação em alguma outra luta marcial. Assim, ela saberá o mínimo sobre como se defender durante uma luta e diminuirá o risco de sofrer lesões. Antes de começar o MMA, a pessoa também precisa realizar um exame médico. Caso ela seja soropositiva, tenha hepatite C ou outros tipos de doenças transmissíveis por meio do sangue, os professores devem ser comunicados. Isto porque durante a prática do MMA é comum ocorrerem lesões com perda de sangue. Ao serem informados sobre as doenças os professores poderão passar treinos que diminuam o risco do aluno sofrer estes tipos de lesões.

Como são as aulas e a luta

Muitas academias de lutas oferecem as aulas de MMA. Elas costumam durar entre uma e duas horas e envolvem alongamentos, aprender posturas, como dar socos, técnicas de solo e queda, com o tempo os alunos também começam a lutar com outros colegas. A orientação é realizar o MMA cerca de três vezes por semana.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
MMA ajuda a aliviar o estresse - Foto: Getty Images
MMA ajuda a aliviar o estresse

As lutas costumam ter três rounds de cinco minutos cada, sendo que quando é disputa de cinturão elas costumam durar cinco rounds de cinco minutos cada. As lutas contam com dois árbitros no entorno e um árbitro central, são os juízes laterais que irão dar as pontuações em cada round de acordo com o desempenho dos lutadores. Caso haja nocaute, a luta acaba e quem provocou o nocaute é o vencedor.

É importante saber diferenciar o UFC do MMA, o UFC é um dos eventos de luta de MMA, enquanto o outro é a luta em si.

Riscos ao praticar o MMA

As lesões mais comuns em decorrência do MMA são: fraturas nos braços, cortes nos supercílios, fratura nas pernas e pés, narizes quebrados e lesões no cérebro, sendo que este último é o mais grave.

Cuidados ao praticar o MMA

Para evitar lesões durante a prática de MMA é indicado que a pessoa tenha um bom conhecimento de alguma arte marcial. Assim, ela terá a capacidade se defender melhor durante a luta, o que previne machucados.

Exercícios complementares

Apesar de ser uma atividade muito completa, também é interessante realizar uma caminhada e praticar outras atividades que costumava realizar, além de outras lutas marciais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes consultadas

João Roberto Trindade, Consultor Técnico da Confederação Brasileira de MMA Adair Rodrigues Junior, presidente da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu e Judô em Contagem, Minas Gerais.