PUBLICIDADE

Idade dos parceiros influencia na felicidade do casamento

Casal perfeito seria com mulher pelo menos cinco anos mais nova, diz estudo

Homem mais velho e mulher mais jovem. Será essa a fórmula da união perfeita? Pelo menos é o que diz um estudo recente feito pela universidade britânica de Bath e publicado na revista European Journal of Operational Research, que afirma que um casamento feliz é resultado da escolha de uma esposa inteligente e com, pelo menos, cinco anos a menos que seu parceiro. Segundo os pesquisadores, as chances do relacionamento dar certo são ainda maiores se nenhum dos dois parceiros tiver se divorciado em algum momento da vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A pesquisa avaliou mais de 1,5 mil casais durante cinco anos e, após esse período, foi verificado quais ainda estavam juntos. Segundo os pesquisadores, as chances de divórcio aumentaram em três vezes quando a esposa era mais velha em cinco anos ou mais. Já, quando o homem era mais velho, as chances de um casamento de sucesso cresceram.

O que também influencia na felicidade do casamento, segundo a pesquisa, é o grau de escolaridade da mulher. Quanto maior for o grau de educação, maiores as chances de o casamento dar certo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outro ponto analisado pelos pesquisadores britânicos foi a possibilidade de um divórcio decorrente de outro relacionamento. Segundo a pesquisa, quando não houve divórcio por nenhuma das partes, as chances de um casamento duradouro crescem. Enquanto casais com apenas um parceiro divorciado têm possibilidades de serem menos estáveis do que se os dois fossem divorciados. Segundo os pesquisadores, os resultados mostram que fatores como idade, educação e origem cultural também devem fazer parte dos critérios na hora de escolher um parceiro, visando um casamento duradouro.