PUBLICIDADE

Açúcar em excesso aumenta o risco de doenças cardíacas

Consumo determinado para crianças acima de dois anos e adultos é de 25 gramas por dia

Comer doce faz mal? Médicos explicam que o consumo de açúcar em excesso está associado a diversas doenças, como o risco é de hiperglicemia, diabetes e até derrame cerebral e infarto. Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde descobriu que os brasileiros estão comendo mais açúcar do que deveriam, principalmente os jovens. Cerca de 30% deles consomem doces, refrigerantes e sucos artificiais cinco dias por semana, o que é considerado um consumo excessivo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A Associação Americana do Coração recomenda que nenhuma criança com menos de dois anos coma doces. Além disso, crianças maiores e adultos só devem consumir 25g de açúcar por dia. De acordo como a associação, a principal fonte de açúcar adicionado são as bebidas açucaradas, como refrigerantes, chás, sucos industrializados e bebidas energéticas.

Preparar a lancheira de uma criança deve ser algo pensado adequadamente. Por exemplo: uma caixinha de néctar de uva e cinco biscoitos recheados teriam um total de 34g de açúcar, ultrapassando a quantidade recomendada e contribuindo para a obesidade infantil, ocasionando outras doenças.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O açúcar não contém nenhum nutriente, por isso é rapidamente digerido pelo organismo e transformado em glicose. Quando consumido em excesso, irá gerar gordura, que naturalmente cairá na circulação e entupirá as artérias, podendo levar ao infarto e derrame cerebral. Os médicos alertam que é preciso seguir a dieta recomendada, para que o problemas futuros sejam prevenidos.