Atrofia muscular

Visão Geral

O que é Atrofia muscular?

A atrofia muscular ocorre quando existe a perda de tecido muscular. Os sintomas da atrofia muscular são:

  • Um dos seus braços ou pernas está notavelmente menor que o outro
  • Fraqueza em um membro
  • A pessoa anda fisicamente inativa
  • Incapacidade de se mover normalmente.

Tipos

Existem dois tipos de atrofia muscular.

  • Atrofia por desuso: Este tipo de atrofia muscular ocorre por falta de atividade física
  • Atrofia neurogênica: Este tipo de atrofia muscular é o mais grave e ocorre quando há uma lesão ou doença em um nervo que se conecta ao músculo, como esclerose lateral amiotrófica, neuropatia e poliomielite. Esta atrofia acontece de forma mais repentina do que a atrofia por desuso.

Causas

Atrofia muscular por desuso

A causa da atrofia muscular por desuso é a falta de atividade física, ou seja, os músculos não são usados o suficiente. Pessoas que trabalham sentadas, condições médicas que limitam os movimentos ou que reduzem o nível de atividades físicas. Este tipo de atrofia muscular pode ser revertida com exercícios e uma melhor nutrição. Pessoas acamadas podem ter perda de massa muscular significativa. Os astronautas que estão longe de gravidade da Terra podem desenvolver diminuição do tônus muscular depois de apenas alguns dias de ausência de peso.

Atrofia neurogênica

As causas desta atrofia são lesões ou doenças nos nervos que se conectam ao músculo.

Outras causas de atrofia muscular são:

  • Envelhecimento
  • Miopatia associada ao álcool (dor e fraqueza nos músculos devido ao consumo excessivo de álcool durante longos períodos de tempo)
  • Queimaduras
  • Ferimentos e ossos quebrados
  • Desnutrição
  • Lesões da medula espinhal
  • AVC
  • Corticoterapia a longo prazo
  • Esclerose lateral amiotrófica (ELA, também conhecida como doença de Lou Gehrig), que afeta células nervosas que controlam o movimento muscular voluntário
  • Dermatomiosite (doença muscular)
  • Síndrome de Guillain-Barret, uma doença autoimune que leva à inflamação do nervo e fraqueza muscular
  • Esclerose múltipla, uma doença autoimune que pode tornar difícil se movimentar
  • Distrofia muscular, uma doença hereditária que causa fraqueza muscular
  • Neuropatia, danos a um grupo nervo ou nervos, resultando em perda de sensibilidade ou função
  • Osteoartrite, a forma mais comum de artrite, reduzida provoca o movimento nas articulações
  • Poliomielite, doença viral que afeta o tecido muscular e pode levar à paralisia
  • Polimiosite, uma doença inflamatória
  • Artrite reumatoide, uma doença autoimune
  • Atrofia muscular espinhal.

Prevenção

Prevenção

Praticar atividades físicas pode contribuir para a prevenção da atrofia muscular.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Entre em contato com o médico se você acredita que teve uma atrofia muscular com base nos sintomas acima ou está incapaz de se mover normalmente.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar uma atrofia muscular são:

  • Clínico geral
  • Ortopedista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando a atrofia muscular começou?
  • A atrofia muscular está piorando?
  • Quais outros sintomas você tem?
  • O que parece melhorar os sintomas?
  • O que parece piorar os sintomas?
  • Você pratica atividade física?
  • Você faz tratamento para alguma doença ou condição?
  • Quais medicamentos você toma?

O médico também pode fazer um exame físico. Ele irá medir seus braços e pernas e tentar determinar quais nervos foram afetados.

Exames

Os exames que podem ser pedidos para diagnóstico e acompanhamento de atrofia muscular são:

  • Exames de sangue
  • Eletromiografia
  • Exames de ressonância magnética
  • Biópsia do músculo ou nervo
  • Estudos de condução nervosa
  • Raios-X
  • Tomografias computadorizadas
  • Eletromiografia.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

O tratamento da atrofia muscular irá depender do diagnóstico e da gravidade da perda de massa muscular. Quaisquer condições médicas subjacentes devem ser abordadas. Os tratamentos comuns para a atrofia muscular incluem:

  • Exercícios
  • Fisioterapia
  • Terapia de ultrassom
  • Cirurgia
  • Mudanças na dieta.

Os exercícios podem ser feitos na água caso a pessoa tenha dificuldades para se mover. Os fisioterapeutas podem ensinar as maneiras corretas para realizar o exercício. Um fisioterapeuta pode mover os braços e pernas do paciente caso ele tenha problemas em mexê-los por causa de uma condição médica.

A terapia de ultrassom é um procedimento não-invasivo que usa ondas sonoras para ajudar na cicatrização.

A cirurgia pode ser necessária se seus tendões, ligamentos, pele ou músculos estão muito apertados e o impedem de se mover. Esta condição é chamada deformidade por contratura. A cirurgia pode ser capaz de corrigi-lo se a atrofia muscular é devido à desnutrição. O médico irá aconselhá-lo sobre nutrição adequada e sugerir suplementos alimentares adequados, se ele ou ela acredita que eles são necessários para você.

Fontes e referências

  • Departamento de Saúde dos Estados Unidos
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não