Gangrena: sintomas, tratamentos e causas

REVISADO POR
Dr. Sergio Belczak
Cirurgia Vascular - CRM 118282/SP
especialista minha vida

Visão Geral

O que é Gangrena?

Gangrena é a morte de um tecido do corpo devido à insuficiência de irrigação sanguínea em uma determinada região ou à uma infecção bacteriana. A doença é mais comum nas extremidades do corpo, incluindo pés, dedos, braços e pernas, mas também pode ocorrer em músculos e órgãos internos.

PUBLICIDADE

Causas

A gangrena pode acontecer por falhas no abastecimento de sangue em certas regiões do corpo, fazendo com que as células não consigam sobreviver e o tecido morra, e/ou por uma infecção bacteriana.

Tipos

Há dois tipos principais de gangrena, a seca e a úmida. Elas se diferem da seguinte maneira:

  • A gangrena seca é caracterizada pela pele seca e enrugada onde há a gangrena, além da alteração de cor. Ela pode se desenvolver de forma lenta e ocorre mais comumente em pessoas com doenças ligadas aos vasos sanguíneos
  • A gangrena úmida se refere ao tecido com gangrena onde há infecção bacteriana. Inchaço, bolhas e aparência "molhada" são comuns em casos de gangrena úmida. Ela se desenvolve, normalmente, depois de queimaduras severas, congelamentos, ou ferimentos. Também ocorre frequentemente quando pessoas com diabetes têm feridas nos pés ou dedos. A gangrena úmida deve ser tratada imediatamente, pois se espalha pelo corpo rapidamente e pode ser fatal
  • Ainda existem as gangrenas gasosa (que afeta os músculos), interna (que afeta órgãos internos como os intestinos e o apêndice), e de Fournier (que afeta a região dos genitais e períneo),

Fatores de risco

As pessoas com maior risco de desenvolver gangrena são aquelas com doenças que afetam os vasos sanguíneos e o fluxo de sangue, como o diabetes e aterosclerose. Além destes, pessoas com as seguintes condições são mais propensas a desenvolver gangrena:

  • Obesidade
  • Cirurgia ou trauma recente
  • Pessoas com imunodeficiência
  • Diabetes mal controlada de longa data
  • tabagismo
  • Tomar muitas medicações anticoagulantes
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Gangrena

Quando a gangrena afeta a sua pele, os sinais e sintomas podem incluir:

  • Alterações na cor da pele, ela fica mais pálida, azulada, preta, amarelada ou avermelhada, dependendo do tom original
  • Uma linha clara de separação entre a pele saudável e a com gangrena
  • Dor severa seguida de uma sensação de dormência e até mesmo ausência de sensibilidade no local
  • Odor fétido e feridas.

Se a gangrena está afetando os tecidos internos do corpo, os sintomas são:

  • O tecido afetado fica inchado e muito dolorido
  • Febre.

Pode acontecer um choque séptico se uma infecção bacteriana originada no tecido com gangrena se espalhar pelo corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Diagnóstico de Gangrena

Além do exame clínico, os testes para identificar a gangrena e classificá-la incluem:

  • Exame de sangue
  • Testes de imagem, como raio-x e tomografia computadorizada
  • Cirurgia, que pode ser utilizada para determinar a extensão da gangrena nos órgãos internos
  • Cultura de fluídos ou tecidos, que determinará a existência e o tipo de bactéria presente no corpo.

Na consulta médica

O clínico geral pode diagnosticar a doença, mas, dependendo do local, extensão e tratamento escolhido, outros profissionais também podem atuar contra os sintomas da doença.

Se você tiver tempo antes de ir à consulta, ou no caminho, poderá se preparar melhor para a conversa com o médico, o que facilitará no diagnóstico preciso e no tratamento.

  • Anote todos os sintomas que está sentindo e o tempo aproximado que apareceram, mesmo os que não parecem ligados à doença
  • Anote, também, todos os traumas ou feridas recentes na sua pele, incluindo cortes, mordidas, injeções, uso de drogas injetáveis, entre outras informações críticas que serão importantes para o médico
  • Nesta lista, ainda inclua todos os medicamentos, vitaminas e suplementos que toma regularmente
  • Se possível, leve um acompanhante à consulta.

As questões que o médico provavelmente fará ao paciente com suspeita de gangrena são:

  • Quais os seus sintomas e quando começou a apresentálos?
  • De zero a dez, quanto está a dor que você sente nesta área?
  • Os seus sintomas parecem estar piorando ou melhorando com o tempo?
  • Você teve traumas ou cirurgias recentes?
  • Você se expôs, recentemente, a tanto frio que fez a sua pele mudar de cor?
  • Você faz uso de seringas, seja com medicamentos ou drogas injetáveis?
  • Você foi diagnosticado com alguma outra doença recentemente? Qual o seu histórico clínico?

Também facilitará e otimizará o tempo da consulta se você levar as suas dúvidas sobre a doença e/ou os sintomas já escritos para o consultório. Isso garantirá que ao término da consulta todas as suas questões estejam respondidas.

Buscando ajuda médica

Gangrena é uma situação grave e precisa de tratamento imediato. Contate o seu médico prontamente se você tem dores persistentes e inexplicáveis em qualquer parte do corpo juntamente com algum dos sintomas da doença, como alterações na cor e temperatura da pele, febre persistente, odores fétidos e/ou feridas, dor ao lado de uma cirurgia recente ou trauma. Dependendo da gravidade dos sintomas ele pode indicar que você procure um pronto socorro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Gangrena

O tecido que foi danificado pela gangrena não pode ser salvo, ele precisa ser removido cirurgicamente, mas alguns tratamentos podem impedir que ela continue se espalhando. Entre eles:

  • Cirurgia para a remoção do tecido morto, que faz com que a gangrena pare de se espalhar e permite ao tecido saudável se curar. O médico ainda pode reparar vasos sanguíneos que tenham sido danificados a fim de aumentar o fluxo de sangue pela área infectada. Ainda pode ser utilizado o enxerto de pele de alguma parte saudável do corpo, normalmente ocultada pelas roupas, para aquele local. Em casos mais severos, pode ser necessário a amputação do membro
  • Antibióticos intravenosos podem ser utilizados para tratar a gangrena infectada
  • Oxigenoterapia hiperbárica pode ser utilizada para o tratamento de gangrena em conjunto com a cirurgia e os antibióticos. A terapia consiste em inalação de oxigênio puro em pressão ambiente, aumentado dentro de câmeras hiperbáricas, utilizando máscaras ou capuzes especiais. Ela aumenta em até 20 vezes a quantidade de oxigênio nos tecidos. Com isso, o sangue mais rico diminui o poder de crescimento das bactérias que se multiplicam na ausência de oxigênio, ajudando o órgão ou tecido a se curar mais facilmente
  • Outros tratamentos incluem uso de nutrientes e medicamentos para a dor com a finalidade de aliviar o desconforto.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

Gangrena pode gerar cicatrizes, necessidade de cirurgia reconstrutiva ou até de amputação, caso a região atingida seja grande. Além disso, se a gangrena for infectada por uma bactéria, ela pode se espalhar rapidamente para os outros órgãos do corpo, o que é fatal se não tratada rapidamente.

Convivendo/ Prognóstico

Pacientes com gangrena seca no geral vivem normalmente se não desenvolverem o mesmo tipo da doença novamente, mas, pessoas com outras doenças pré-existentes, como diabetes, podem acabar desenvolvendo gangrena de novo. Normalmente os pacientes se recuperam com mínimas sequelas se a parda de tecido é pequena.

Pacientes com gangrena úmida normalmente têm mais dificuldade, uma vez que mesmo com o tratamento iniciado rapidamente pode ser necessário realizar uma cirurgia de amputação do local. Estudos preliminares nos Estados Unidos mostram que os casos de morte por gangrena têm se mantido estáveis, mas que o número de pacientes aumentou nos últimos anos. Eles acreditam, mesmo sendo prematuro informar, que isso pode ser devido ao aumento de doenças como diabetes e outras que interferem na condição vascular do paciente.

Expectativas

As expectativas são melhores se a gangrena for descoberta cedo e tratada rapidamente. Quanto mais tempo se passar sem ser identificada, ou demorar para iniciar o tratamento, mais difícil será para o paciente.

Geralmente as pessoas com gangrena seca têm maior chance de uma recuperação completa, pois ela não envolve infecção bacteriana e se espalha mais lentamente do que outros tipos de gangrena. Contudo, mesmo outros tipos de gangrena têm boas expectativas se identificados e tratados rapidamente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

A prevenção contra gangrena inclui:

  • Cuidar da diabetes, mantendo os níveis glicêmicos estáveis
  • Perder peso, no caso de pessoas com obesidade ou sobrepeso
  • Não fumar
  • Prevenir infecções, lavando qualquer ferida aberta com água e sabão e mantê-la limpa até que se cure
  • Tomar cuidado com quedas bruscas de temperatura, mantendo sempre o corpo aquecido, principalmente as extremidades (dedos, braços e pernas)
  • Seguir o tratamento proposto pelo médico no caso de queimaduras e alertá-lo se algo parecer anormal na ferida.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes e referências

  • Centro de Medicina e Oxigenoterapia Hiperbárica
  • Mayo Clinic