PUBLICIDADE

Obesidade em família pode ser causada por genética e maus hábitos

A falta de apoio de outros familiares para a perda de peso também é um problema

Várias pessoas questionam porque em algumas famílias é tão difícil as pessoas emagrecerem? Ou o motivo de todos membros estarem acima do peso? Ainda, como pode fazer para prevenir ou tratar esta condição familiar?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A obesidade é adoecimento preocupante porque leva como consequência do aumento do peso, mais facilidade para aumento da pressão arterial e do risco de diabetes que passam a aumentar os riscos de infarto do miocárdio e do acidente vascular cerebral, que são as duas principais causas de morte no Brasil e no mundo.

As causas genéticas da obesidade já são estudadas e com várias informações conclusivas e outras ainda controversas. Assim, uma das explicações para vários membros acima do peso em uma mesma família é a herança genética para obesidade. Ainda, infelizmente, não existem tratamentos aceitos de nível microscópico para mudar estas informações genéticas das pessoas com esta herança e daí não engordarem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De fato, para maioria absoluta dos familiares com obesidade ao mesmo tempo continua sendo consequência de maus hábitos alimentares dos membros mais velhos, que vão sendo vivenciados e repetidos pelos descendentes. Até mesmo para famílias com herança genética, os comportamentos alimentares não saudáveis contribuem fortemente para o ganho de peso.

Outro fator relevante, geralmente comentado por pessoas que não conseguem emagrecer por causas diversas, é que mesmo na tentativa de um dos membros de reeducar o padrão alimentar, as outras pessoas do núcleo familiar, além de não aderirem, ainda não colaboram com compras mais saudáveis dos alimentos recomendados. A pessoa que tentou mudar os hábitos ainda pode ser criticada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Desta forma, obesidade em família, tem causas internas e individuais consequentes da genética, mas também em sua maioria a causa de obesidade entre familiares é por erros alimentares compartilhados por muito tempo e sem respeito pelos que tentam mudar.

Como mudar este cenário? Um alternativa importante é os mais velhos que sustentam a casa estarem cientes que maus hábitos alimentares, levam à obesidade que tende a diminuir os anos de vida. Diante desta conclusão, eles precisam fazer compras mais saudáveis e dar o exemplo para os descendentes.

Em algumas situações mais difíceis, em que os familiares insistem em não apoiar o membro que busca o emagrecimento saudável, uma alternativa pode ser mudar de casa. Afinal, uma família que não respeita o parente buscando saúde, não pode ser considerada saudável nem nutrologicamente e nem psiquicamente.

Lembrem-se que viver mais anos possível depende de hábitos saudáveis, alimentares e de atividades físicas. Mas esta é uma opção de cada um que não resolve com magia e sim esforço contínuo.