PUBLICIDADE

Compare a caminhada com a Power Caminhada

Enquanto uma é mais tranquila e democrática, a outra trabalha melhor os músculos

A Power Caminhada, ou Power Walking, nada mais é do que uma caminhada mais rápida e brusca. "O conceito veio da Europa, onde as pessoas faziam a caminhada até carregando bastões de esqui, de forma mais brusca e veloz", conta o personal trainer Carlos Klein, da equipe Movimente-se, em São Paulo. Ele explica que a prática dessa modalidade pode ser feita carregando pesos de dois a três quilos, para aumentar a intensidade. Subidas e descidas também podem ser encaradas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas, afinal, por que aumentar o ritmo da caminhada? Carlos Klein justifica que, apesar de ter contraindicações, o Power Walking melhora a resistência cardiovascular e o condicionamento físico, trabalha os músculos com maior ênfase e emagrece. A seguir, compare a Power caminhada com a caminhada tradicional e saiba qual se encaixa melhor em seu perfil.

Objetivo do treino

Propósito - Getty Images
Propósito - Getty Images

1. As diferenças entre caminhada e Power caminhada começam no propósito. Segundo o personal trainer Carlos Klein, a caminhada é um exercício mais tranquilo, que pode ser feito conversando com outra pessoa e curtindo a paisagem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. O papo muda com a Power caminhada. "O Power Walking é um treino para gastar calorias, desenvolver o sistema cardiovascular e aumentar o condicionamento físico e, por isso, deve ser focado e sem conversas com quem está ao lado", aponta Klein.

Gasto calórico

Gasto calórico - Getty Images
Gasto calórico - Getty Images

1. O gasto calórico de qualquer atividade física, segundo o treinador Fabrício Vieira, da Fitness Together, em São Paulo, varia de acordo com cada pessoa."Mas, em média, a caminhada queima 500 kcal por hora", conta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Já a Power caminhada, por ter um passo mais acelerado, queima as mesmas 500 kcal em apenas 45 minutos.

Trabalho muscular

Trabalho muscular - Getty Images
Trabalho muscular - Getty Images

1. "A caminhada trabalha glúteos, músculos das coxas, pernas, abdômen e, se feita de maneira adequada, também fortalece ombros e braços e trabalha o coração, aumentando o condicionamento cardiovascular", conta Fabrício Vieira.

2. Esses mesmos músculos e órgãos são trabalhados na Power caminhada, mas, por causa da intensidade do exercício, isso acontece com maior ênfase. "Com a velocidade mais rápida, acabamos concentrando o trabalho em alguns músculos, principalmente o tibial anterior (músculo na frente da canela) e a panturrilha", diz o personal trainer Guto Ferrari, da Velox Fitness, no Rio de Janeiro.

Risco de lesões

Risco de lesões - Getty Images
Risco de lesões - Getty Images

1. Sendo um exercício mais light, conta o trio de especialistas, a caminhada tem risco pequeno de lesões. "O motivo é a baixa intensidade dessa atividade", diz o personal trainer Ronaldo Martinelli, da Academia Bioritmo, em São Paulo.

2. "Quando você adiciona intensidade a um exercício, você aumenta o risco de lesão", afirma Carlos Klein. O personal Guto Ferrari conta que, no caso da Power caminhada, o aumento do risco acontece porque o passo fica ligeiramente mais longo, elevando o impacto do pé no solo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Indicação

Indicações - Getty Images
Indicações - Getty Images

1. A caminhada é um dos esportes mais democráticos, podendo ser praticada, inclusive, por pessoas com obesidade. "Como para essas pessoas é difícil aumentar a velocidade, aconselho que elas aliem a caminhada a um rigoroso controle da alimentação, para que emagreçam e consigam praticar a Power caminhada", recomenda o personal Carlos Klein.

2. A Power caminhada, por ter mais impacto e exigir mais dos músculos, já não é tão indicada para quem sofre com a obesidade. "Também não recomendo para pessoas com problemas prévios de joelho, tornozelo e quadril", indica Guto Ferrari.

Velocidade

Velocidade - Getty Images
Velocidade - Getty Images

1. Segundo o treinador Fabrício Vieira, a velocidade da caminhada tradicional deve ser de 2 a 4 km/hora.

2. Para praticar a Power caminhada, acelere o passo para 6 a 8 km/hora.

Postura

Postura - Getty Images
Postura - Getty Images

1. Fabrício Vieira indica a postura ideal para a caminhada: a cabeça deve ficar alinhada à coluna, mantendo o queixo paralelo ao chão. Coloque os ombros para trás e não deixe que provoquem tensão na musculatura do pescoço. Os braços acompanham o movimento com os cotovelos, formando um ângulo de 90 graus. Quanto ao abdômen, contraia bem a musculatura, como se levasse o umbigo em direção às costas, para deixar a postura certinha. Sempre que pisar, toque primeiro o calcanhar no chão.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. A postura da Power caminhada é semelhante, com apenas alguns detalhes diferentes. "No Power Walking, o tronco fica um pouco mais inclinado para frente, em busca de uma caminhada mais forte", conta o treinador. Segundo ele, a movimentação dos braços é maior e alterna o movimento das pernas. Assim, sempre que você for com a perna esquerda para frente, o braço direito também vai pra frente. "É um movimento natural, que gera mais equilíbrio na postura", explica.

Tênis

Tênis - Getty Images
Tênis - Getty Images

1. Muitos acreditam que, para caminhar, é necessário um tênis com tecnologia de amortecimento muito avançada. No entanto, segundo Carlos Klein e Ronaldo Martinelli, o que é necessário mesmo é um tênis confortável. "Isso leva ao desenvolvimento da capacidade de absorver impacto com o próprio pé", afirma Klein.

2. Mesmo acelerando o passo, a Power caminhada ainda não possui índice de lesão muito alto. Assim, os profissionais contam que é possível utilizar o mesmo tênis na Power caminhada e na caminhada tradicional.