PUBLICIDADE

Medicamentos especiais: você sabe o que são eles?

Entenda o que são remédios especiais, por que recebem esse nome e onde encontrá-los

Quando bate aquela dor de cabeça, um movimento muito comum é logo correr à farmácia atrás de analgésicos. O uso de medicamentos comuns pode ser feito em quadros de febre ou outras queixas tradicionais. Em alguns casos, porém, como câncer, infertilidade, doenças hematológicas ou tratamento voltado para a reprodução humana, é necessário o uso dos chamados medicamentos especiais.

O que são medicamentos especiais

Embora carreguem o adjetivo "especiais", esses medicamentos não trazem nenhum aditivo a mais em suas fórmulas. Os medicamentos especiais, ou medicamentos de alto custo, são remédios que exigem o emprego de tecnologia de ponta em seu processo produtivo e que não constam na listagem de medicamentos essenciais do Ministério da Saúde.

Em sua grande maioria, os medicamentos especiais possuem estrutura química bastante delicada - o que exige armazenamento, transporte e cuidados, diferente dos tradicionais. É essencial que eles permaneçam em temperaturas entre 15º C e 30º C, quando não necessitam de refrigeração, e entre 2º C e 8º C quando há necessidade de manter a substância ativa preservada com o resfriamento do produto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante que essa temperatura permaneça controlada até mesmo depois da compra, no caminho ao domicílio do paciente. Em caso de falhas, o medicamento deve ser descartado.

"Devido ao emprego dessas tecnologias - assim como de todo o aparato logístico necessário para que esses produtos cheguem ao consumidor final - esses medicamentos têm valores, em geral, mais altos que medicamentos considerados comuns", diz Wilton Torres, fundador da Farmaindex, uma plataforma de busca para medicamentos em que é possível encontrar os remédios especiais.

Além de ser uma plataforma de busca, a Farmaindex também atua como um local para comparar preços de medicamentos especiais com as principais farmácias em medicamentos de alto custo cadastradas e sendo atualizada mensalmente conforme publicações oficiais da Anvisa e ANS, explica Torres.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A Farmaindex ainda conta com parceiros como Oncoprod - SAR, Profarma Specialty, Pharma-k, entre outros. Por isso, o diferencial da plataforma de busca é a credibilidade, confiança e tranquilidade na hora de adquirir medicamentos, sejam eles comuns ou de alto custo.

Quais são os medicamentos especiais

Entre os quadros clínicos que esses medicamentos podem auxiliar no tratamento, destacam-se os casos de câncer, esclerose múltipla, hormônios do crescimento, doenças raras, fertilidade, entre outros. Veja abaixo alguns exemplos de medicamentos que se enquadram na categoria de alto custo, ou medicamentos especiais:

Ferinject: remédio usado em pacientes com deficiência de ferro. Trata-se de uma formulação de ferro coloidal em que a tecnologia empregada permite que o ferro seja liberado de forma controlada no organismo, tornando o tratamento mais rápido, eficaz e confortável para o paciente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

E qual o diferencial? A liberação de ferro acontece inicialmente de forma mais rápida e, em seguida, passa a ser liberado de modo mais lento. Quando o equilíbrio é atingido, o intervalo de aplicação é menor: em vez de 3 vezes na semana, a posologia é de apenas 1 vez na semana.

Olumiant: medicamento usado em pacientes adultos com artrite reumatoide. O medicamento é um inibidor seletivo das enzimas JAK 1 e 2, as quais estão envolvidas nos processos de formação das células sanguíneas (hematopoiese), inflamação e defesa do organismo. Diferente dos medicamentos tradicionais - de uso venoso ou subcutâneo - seu uso é oral, o que permite a comodidade do tratamento sem necessidade de infusões longas. Para entender melhor, o tempo médio para infusão deste medicamento é de 2 horas.

Dupixent: fármaco usado no tratamento de dermatite atópica moderada a grave, asma e rinossinusite crônica em pacientes acima de 12 anos. Age por meio de um anticorpo monoclonal e é aplicado através de uma seringa - o que desobriga o paciente a ir a uma unidade de saúde ou a um laboratório.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Kyleena: trata-se de um Dispositivo IntraUterino (DIU), mas com uma dosagem de hormônio (levonorgestrel) mínima, o que reduz a possibilidade de reações adversas, sem perda de eficácia. Quando implantado, pode permanecer por até 5 anos no corpo da mulher sem afetar a fertilidade futura.