PUBLICIDADE

SUS passa a oferecer exame de trombofilia em São Paulo

Chances de ter trombose aumentam em mulheres com histórico familiar e que usam pílulas anticoncepcionais

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O Sistema Único de Saúde - SUS agora passa a oferecer para as mulheres de São Paulo (SP) o exame capaz de detectar a trombofilia, que é a tendência que a pessoa tem de sofrer uma trombose. Essa condição gera a formação de coágulos sanguíneos em uma ou mais veias localizadas na parte inferior do corpo, geralmente nas pernas.

O exame, garantido pela nova lei 16.599, é realizado com apenas uma amostra de sangue, indicando se a paciente carrega propensão genética para sofrer com tromboses. Em caso positivo, o médico irá analisar outros fatores que, somados ao risco genético, possam aumentar ainda mais as chances de a mulher sofrer o problema.

Entre os fatores de risco da trombose, estão o histórico familiar, gestações, mulheres que fazem uso de métodos contraceptivos hormonais com estrogênio, tabagismo, hipertensão, colesterol e triglicérides altos, entre outros.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)