PUBLICIDADE

Dormir no frio pode queimar duas vezes mais calorias, dizem pesquisadores

Também foi observado que dormir sem roupa, com um fino edredom, ajuda a potencializar a queima de gordura

Que o inverno nos faz sentir um soninho a mais, isso é inegável, mas o que não sabíamos é que estender o tempo na cama pode até mandar alguns quilinhos embora. Pelo menos é o que dizem pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos: eles afirmam que, para manter o organismo aquecido no frio durante o sono, o nosso corpo acaba acelerando o metabolismo. Ou seja, mais calorias exterminadas.

Para o estudo, os participantes, todos homens, dormiram em quartos com temperatura controlada e tiveram as mesmas refeições durante quatro meses, garantindo assim que as calorias ingeridas por todos fossem as mesmas. Eles também receberam os mesmos tipos de roupa de cama e pijamas.

Os testes foram feitos em três momentos, divididos pela temperatura do quarto dos participantes. Um mês deveria estar em 18°, outros dois meses em 23° e, por fim, um último mês em 27°. Com as análises, os pesquisadores notaram que nas semanas com a temperatura mais baixa, o corpo dos participantes se adaptou para que eles perdessem mais peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os resultados demonstram ainda que as pessoas que dormiram nuas, cobertas com um fino edredom, tinham mais chances de emagrecer. Eles notaram que a queima de gordura capaz de produzir calor foi duas vezes maior. Quando eles dormiram em temperaturas mais altas, o resultado foi exatamente o contrário.

A gordura marrom, que produz 300 vezes mais calor do que qualquer órgão no corpo e queima calorias muito rapidamente, é abundante em bebês, mas os níveis caem para quase zero à medida que as pessoas se tornam adultos.