PUBLICIDADE

Maluf é internado em hospital de Brasília: entenda o quadro

De acordo com o hospital, o deputado sofre com estenose espinhal. Ainda não há previsão de alta.

Aos 86 anos, deputado federal afastado Paulo Maluf (PP-SP) foi internado "às pressas" nesta quarta-feira (28) no Hospital Ortopédico e Medicina Especializada (Home), por volta de meia-noite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com boletim do hospital, o deputado deu entrada com "quadro de dor forte que começou na região lombar, irradiada para o membro inferior direito, piorada nas últimas semanas e nos últimos dias, dificultando andar e a postura na posição ereta".

Após a realização de uma ressonância, o parlamentar foi diagnosticado com estenose de canal, com compressão das estruturas nervosas na região das vértebras L3/L4 e L4/L5. Segundo a unidade de saúde, não há previsão de alta, e Maluf fará exames complementares.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Devido ao quadro incapacitante, ele está sendo medicado com analgésicos potentes, anti inflamatórios e opióides, sendo previsto infiltração da coluna com corticóide ainda hoje.

O deputado está encarcerado desde o dia 20 de dezembro na ala de idosos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Portanto, enquanto estiver no hospital, ele ficará sob escolta de agentes da Sesipe (Subsecretaria do Sistema Penitenciário).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que é Estenose espinhal?

A estenose espinhal é qualquer tipo de estreitamento do canal espinhal, do canal radicular ou do forame intervertebral, que reproduz sintomas clínicos. O estreitamento pode ser local, segmentar ou generalizado, causado por uma estrutura óssea, partes moles ou ambos.

O canal vertebral é cercado pelos corpos vertebrais anteriormente e pelos discos vertebrais e ligamento amarelo posteriormente. Já o canal radicular é o túnel entre as vértebras por onde a raiz nervosa, que formará os nervos, percorre até sair da coluna.

A menos que haja alterações neurológicas graves (paralisias, distúrbios esfincterianos) no quadro de estenose espinhal, o tratamento conservador deve ser o primeiro a ser realizado.

Os medicamentos que podem ser usados para tratar os sintomas da estenose são analgésicos, anti inflamatórios e relaxantes musculares. O uso de infiltrações epidurais e foraminal pode ser feita em centro cirúrgico, seguindo-se os princípios da assepsia e auxílio de intensificador de imagem. Saiba mais sobre a doença aqui!