PUBLICIDADE

Cinemas dos EUA alertam sobre ataques de epilepsia em 'Os Incríveis 2'

Medida foi tomada pela Disney depois que usuários criticaram cenas perigosas a pessoas com epilepsia fotossensível ou com sensibilidade a luz

Foto: Disney Pixar/Reprodução
Foto: Disney Pixar/Reprodução

Embora ainda faltem duas semana para o lançamento do filme 'Os Incríveis 2' nos cinemas brasileiros, a animação da Pixar já estreou nas telonas dos Estados Unidos, batendo recorde de bilheterias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, o filme foi alvo de críticas no Twitter, por conter cenas com fortes e repetitivos flashes de luzes que podem causar mal-estar, dores de cabeça, problemas de visão e até mesmo convulsões nos espectadores mais sensíveis.

Por esse motivo, a Disney decidiu exibir avisos nos cinemas americanos, revelando que o filme contém cenas que podem ser perigosas para pessoas com epilepsia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a usuária do Twitter Veronica Lewis, a produção possui cenas com até noventa segundos de duração envolvendo estes momentos mais sensíveis, que giram em torno das ferramentas usadas pelo grande vilão da história.

"Não estou chamando um boicote para Os Incríveis 2 ou que eles mudem o filme. Só quero que a Disney/Pixar e os cinemas coloquem um aviso que há cenas com luzes piscantes", escreveu Veronica em sua conta no Twitter.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No último sábado, Kristin Supe compartilhou nas redes sociais uma foto de um sinal de alerta dado pelos cinemas: "Caros clientes, Os Incríveis 2 contém uma sequência de luzes piscantes que podem afetar pessoas suscetíveis a epilepsia fotossensível ou outras fotossensibilidades".

Foto: Divulgação/Kristin Supe
Foto: Divulgação/Kristin Supe

Até o momento, as redes de cinemas brasileiras não sabem se o mesmo aviso será enviado ao Brasil. O filme 'Os Incríveis 2' chega ao Brasil no dia 28 de junho.

Qual a explicação para esse ocorrido?

Uma história muito parecida com essa do filme 'Os Incríveis 2' ocorreu em 1997, quando 685 crianças foram hospitalizadas no Japão após uma sequência de cenas com luzes estroboscópicas em um episódio de Pokémon.

De acordo com Sandro Luiz de Andrade Matas, neurologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, a fotossensibilidade pode estar presente em aproximadamente 8% na população geral.

"Essa sensibilidade é muito frequente entre jovens de 7 até 19 anos com epilepsia, por isso luzes muito brilhantes, ininterruptas e com uma intensa luminosidade podem aumentar o risco de sofrer uma convulsão ao assistir determinado filme", disse Sandro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, crianças com histórico de epilepsia na família estão mais propensas à epilepsia por fotossensibilidade. Os principais sintomas dos ataques de epilepsia são sensação de desmaio, alteração da visão, espasmos oculares ou faciais e convulsões.

Por esse motivo, o neurologista Maurício Hoshino indica que pacientes com antecedente de epilepsia devem evitar os estímulos de luzes repetitivas. "Além disso, não assistir TV tão perto é outra forma de prevenir as convulsões", complementa Maurício.

Quanto às idas ao cinema, infelizmente também devem ser evitadas para não desencadear novas reações, principalmente em filmes como alertas, como o caso de 'Os Incríveis 2'.