PUBLICIDADE

Mulher tem condição rara que faz crescer pelos na gengiva

Italiana de 25 anos passou a apresentar pelos na raiz dos dentes e surpreendeu médicos com quadro inusitado

Os pelos são parte natural do corpo humano, presentes nas axilas, braços, pernas, cabeça, virilha. No entanto, o caso inusitado de uma italiana de 25 anos têm surpreendido médicos do mundo todo: ela passou a apresentar pelos em sua gengiva. (Veja as imagens do caso abaixo.)

Dificuldade no diagnóstico

A jovem buscou ajuda médica pela primeira vez em 2009, relatando desconforto com pelos parecidos com cílios saindo da parte superior da gengiva, atrás dos dentes. Na época, ela foi diagnosticada com síndrome dos ovários policísticos (SOP), o que poderia explicar o crescimento excessivo de pelos devido ao desequilíbrio de hormônios sexuais.

Diante do quadro, a italiana também precisou passar por uma pequena cirurgia para retirada dos "pelos gengivais" e começou a tomar pílula anticoncepcional para controle hormonal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Contudo, seis anos depois, ela voltou ao médico. Desta vez, além dos pelos na gengiva, a jovem apresentava também pelos diferentes no queixo e no pescoço. O tratamento inicial foi repetido, mas os pelos não param de crescer mesmo quando removidos.

Condição rara de desequilíbrio hormonal

Apesar dos tratamentos falhos, cientistas da Universidade da Campânia Luigi Vanvitelli, na Itália, mantém a hipótese de que a condição rara pode ser causada por SOP.

A jovem interrompeu o tratamento com contraceptivo e somente após isso os pelos voltaram a crescer. Além disso, ela tinha diversos cistos no ovário, característicos da síndrome.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Falha na formação do bebê

O que chama atenção é que esse caso é o sexto relatado em toda a história da literatura médica. As demais ocorrências foram registradas somente em homens, na década de 1960.

Não se sabe, até o momento, o que relaciona a síndrome dos ovários policísticos com o surgimento dos pelos na gengiva, visto que a região não têm pelos naturalmente.

Desconfia-se de que o fenômeno tenha relação com a formação do bebê ainda na barriga da mãe. Afinal, durante o processo embrionário da criança, o tecido que forma a boca (incluindo a gengiva) se origina da mesma camada de células da pele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Portanto, é possível apresentar glândulas sebáceas na região bucal que, por algum motivo ainda indefinido, foram ativadas na jovem italiana.

As glândulas sebáceas são responsáveis pela produção de sebo, que, por sua vez, lubrifica a pele, evita o ressecamento dos pelos de mamíferos e impede a perda excessiva de água do corpo.

Imagens do caso

Imagens mostram pelos na boca de jovem, similares a cílios - Foto: Revista Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology and Oral Radiology
Imagens mostram pelos na boca de jovem, similares a cílios - Foto: Revista Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology and Oral Radiology
Processo de remoção de alguns pelos na gengiva da jovem - Foto: Revista Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology and Oral Radiology
Processo de remoção de alguns pelos na gengiva da jovem - Foto: Revista Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology and Oral Radiology

Condições raras que chocaram médicos

Veja o caso de um homem com alergia ao próprio orgasmo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Conheça a história da mulher que transpira sangue

Entenda o caso da mulher que não consegue ouvir homens