PUBLICIDADE

Tontura: causas, tratamento e remédios

Visão Geral

O que é Tontura?

O termo tontura (CID 10 - R42) pode ser usado para definir duas situações diferentes: pode ser a sensação de estar prestes a desmaiar ou perder a consciência; ou pode definir a vertigem, que é a sensação de que o entorno está girando ou a pessoa está se movendo, quando na realidade não está.

A tontura também pode vir acompanhada de perda de equilíbrio, náuseas ou vômito. Com ela, é possível ter dificuldade para andar ou manter a postura ereta, bem como sentir sonolência e sensações como flutuar ou nadar. O sintoma, muitas vezes, desaparece ou melhora ao se deitar.

Nos casos de tontura constante, o ideal é buscar a ajuda de um especialista para investigar a causa do problema e se ele está relacionado a outra condição de saúde mais grave.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Apesar da tontura ocorrer em pessoas de qualquer idade, é mais comum entre os adultos mais velhos. Geralmente, ela é causada por uma queda momentânea da pressão arterial e fluxo sanguíneo para a cabeça, que ocorre quando a pessoa se levanta muito rapidamente de uma posição sentada ou deitada.

Causas

As causas de tontura relacionada à vertigem podem incluir:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Raramente, a tontura com vertigem pode ser sintoma de um problema neurológico mais grave, tal como um AVC, hemorragia cerebral ou esclerose múltipla. Nesses casos, outros sintomas neurológicos estão normalmente presentes, como visão dupla, fala enrolada, fraqueza facial ou dormência, falta de coordenação dos membros ou severos problemas de equilíbrio.

As causas de tontura relacionada à sensação de desmaio e perda de equilíbrio podem incluir:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outras formas de tontura, como a sensação de flutuar ou nadar, podem ser causadas por:

Tontura pode ser gravidez?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma tontura de intensidade mais leve também pode ser sintoma de gravidez nas mulheres - especialmente se vier acompanhada de enjoo e vômito, de acordo com a ginecologista e obstetra Bárbara Murayama. O quadro é comum e surge desde as primeiras semanas de gestação, podendo durar até o parto.

O sintoma ocorre, em geral, por conta das alterações hormonais na gestante, que provocam a diminuição da pressão arterial. Entretanto, quando este incômodo aparece junto com sinais de desidratação, como urina de cor escura, é importante buscar ajuda profissional.

Tontura ao deitar

A tontura ao deitar tem múltiplas causas possíveis e deve ser analisada por um especialista. Uma das razões mais comuns é a labirintite, uma inflamação do ouvido interno que faz com que a pessoa sinta o mundo girando à sua volta, o que piora quando a pessoa se deita. No entanto, quadros psicológicos também podem provocar o sintoma.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pessoas com quadros de ansiedade, frequentemente, sentem tontura, com sensações como se fossem cair, como se estivessem flutuando ou andando sobre as nuvens. Isto pode ocorrer em qualquer posição, inclusive com a pessoa deitada.

Tontura ao levantar

Quando a pessoa sente tontura ao levantar, pode significar alterações na circulação. Um exemplo seria a hipotensão postural, que é a queda de pressão súbita, normalmente causada pela gravidade, e que faz com que o sangue se acumule nas pernas.

Também pode significar uma VPPB (Vertigem Postural Paroxístico Benigna), desencadeada pelos movimentos da cabeça.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tontura após comer

Já a tontura sentida após uma refeição pode ocorrer por alguns motivos. Uma delas é a hipotensão pós-prandial, que é a queda da pressão arterial depois da alimentação. Outra é a hipoglicemia reativa, em que a glicemia diminui após a pessoa comer. Pacientes que passaram por cirurgias no estômago também podem sentir o sintoma.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se você sente tontura frequentemente sem causa aparente. Procure um serviço de emergência se a tontura ou vertigem aparecer juntamente com um ou mais dos seguintes problemas:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de tontura são:

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Cuidados

O que fazer em caso de tontura

Enquanto a consulta médica não acontece, você pode adotar algumas medidas para aliviar o sintoma, como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Medicamentos para Tontura

Uma tontura pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de tonturas são:

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Chás para tontura

Como a tontura pode ter várias causas, o ideal é entender a origem do sintoma antes de tomar alguma ação. A nutróloga Cristiane Molon explica que é possível se beneficiar de alguns chás quando o sintoma tem algumas causas específicas, como labirintite ou estresse.

Chá de ginkgo biloba

Conhecido pelo consumo em cápsula, o ginkgo biloba pode ser adquirido também na forma de chá. É recomendado contra a labirintite ou tontura por estresse, porque tem propriedades importantes para a circulação na parte interna do ouvido, que é responsável pelo equilíbrio do ser humano.

Modo de preparo

Aqueça meio litro de água em um recipiente que possa ser tampado, de preferência. Adicione, então, uma colher de sopa cheia do chá de ginkgo biloba. Deixe aquecer em infusão e tome ao longo do dia.

Chá de erva doce

O chá de erva doce pode ser um grande aliado contra a tontura, porque melhora toda a parte da digestão, que é muitas vezes a origem do problema.

Modo de preparo

Aqueça um litro de água filtrada no fogão, sem ferver. Depois, acrescente 8 colheres de sopa de folhas de erva doce e deixe ferver por cerca de 30 segundos, com o recipiente tampado.

Chá de gengibre

O gengibre pode estimular o fluxo sanguíneo no corpo, que é umas das constantes causas da tontura. Ele também pode ser consumido em forma de chá ou mastigado in natura.

Modo de preparo

Em uma caneca metálica, rale de 25 a 35 gramas de gengibre. Em seguida, insira 500ml de água e leve ao fogo por, aproximadamente, 15 minutos, até ferver. Ao final desse tempo, coe o chá e beba, preferencialmente sem açúcar.

Referências

Ministério da Saúde

Ivan Mario Braun, médico psiquiatra - CRM 57449 SP

Eduardo Antonio André, médico gastroenterologista - CRM 33682 SP

Cristiane Molon, médica nutróloga - CRM 11384 SC

Bárbara Murayama, médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia - CRM 112527/SP

Márcio Freitas, médico otorrinolaringologia, membro da Academia Brasileira de Otorrino e Cirurgia Cérvico-Facial e da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Fac - CRM 15134