Lesões nos genitais femininos

Visão Geral

O que é Lesões nos genitais femininos?

A maioria das mulheres experimenta pequenos problemas vaginais de vez em quando. Em alguns casos, pode haver a presença de lesões ou feridas na vulva ou vagina, gerando desconforto. As lesões nos genitais femininos podem acompanhar outros sintomas, como dor durante a relação sexual, corrimento e coceira vaginal.

A lesão genital pode acontecer por conta de atrito durante o sexo ou com roupas muito justas. Em outros casos, a depilação pode causar lesões e feridas. Por fim, as lesões às vezes indicam sintomas de doenças, como HPV e herpes genital.

Causas

Entre as causas de lesões nos genitais femininos estão:

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se você notar qualquer ferida ou lesão nos genitais, principalmente se for acompanhado de outros sintomas, como:

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de lesões nos genitais femininos são:

  • Ginecologista.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Os sintomas são persistentes ou ocasionais?
  • Além das lesões, que outros sintomas acontecem?
  • O que, se alguma coisa, parece melhorar o sintoma?
  • O que, se alguma coisa, parece piorar o sintoma?
  • Há coceira vaginal?
  • Há secreção vaginal?
  • Há dor ao urinar ou durante o sexo?

Exames

Os principais exames a serem realizados são:

  • Colposcopia e Vulvoscopia com biópsia se necessário
  • Citologia oncótica
  • Cultura das secreções
  • Bacterioscopia da secreção vaginal
  • Sorologia para DST (doenças sexualmente transmissíveis).

Em alguns casos podem ser necessários outros tipos de exame como:

  • Ultrassonografia transvaginal/pélvica
  • Cistoscopia
  • Anoscopia.

Fontes e referências

  • Revisado por: Sueli Raposo, ginecologista do laboratório Atalaia em Goiás (CRM-SP 40343)
  • American College of Obstetricians and Gynecologists
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não

Mais sobre

carregando...