Dor na relação sexual

Visão Geral

O que é Dor na relação sexual?

Para homens e mulheres, pode ocorrer dor na região pélvica durante ou logo após a relação sexual. Pode ocorrer a qualquer momento durante o sexo - por exemplo, no momento da penetração, ereção ou ejaculação - ou após a atividade sexual.

Ocasionalmente, a dor contínua pode fazer com que uma pessoa perca interesse em qualquer atividade sexual.

O termo médico para isso é dispareunia.

Causas

  • Um diafragma que não é adequadamente colocado
  • Endometriose
  • Irritação genital por sabonetes, detergentes, duchas ou produtos de higiene feminina
  • Hemorroida
  • Feridas de herpes, verrugas genitais ou outras doenças sexualmente transmitidas (DSTs)
  • Relação sexual muito cedo após cirurgia ou parto
  • Menopausa
  • Cistos ovarianos
  • Prostatite - inflamação da próstata
  • Reação ao látex do diafragma ou preservativo
  • Abuso sexual ou estupro
  • Infecções do trato urinário
  • Uso de certos medicamentos
  • Ressecamento vaginal ou pouca lubrificação (por exemplo, por falta de preliminares)
  • Infecção vaginal
  • Vaginismo

Sinônimos

Relação sexual dolorosa, Dispareunia

Prevenção

Prevenção

  • Boa higiene e cuidados médicos de rotina podem ajudar até certo ponto.
  • Preliminares e estímulos adequados vão ajudar a assegurar a lubrificação apropriada da vagina.
  • O uso de lubrificante solúvel em água tal como K-Y Gel também pode ajudar. Não utilize vaselina como lubrificante sexual porque não é compatível com os preservativos de látex (faz com que se rompam), não é solúvel em água e pode estimular infecções vaginais.
  • Praticar sexo seguro ajuda a prevenir doenças sexualmente transmissíveis.

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

O médico vai registrar seu histórico médico e vai realizar um exame físico.

As perguntas sobre o histórico médico podem incluir:

  • Quando a dor começou ou as relações sexuais sempre foram dolorosas?
  • A relação sexual é dolorosa todas as vezes em que ocorre?
  • Também é dolorosa para seu parceiro(a)?
  • Em que ponto durante (ou após) a relação sexual a dor começa? Na entrada/penetração? Durante a ejaculação?
  • Onde, especificamente, é a dor?
  • Alguma coisa faz a dor melhorar?
  • Você tem quaisquer outros sintomas?
  • Quais suas atitudes com relação ao sexo em geral?
  • Você passou por qualquer evento traumático significativo no passado (estupro, abuso ou semelhante)?
  • Que medicamentos você toma?
  • Para quais doenças e transtornos você está sendo tratado?
  • Você passou por algum evento emocionalmente significativo recentemente?
  • Você já teve sexo sem dor com este parceiro? Com qualquer parceiro?

Pode ser melhor consultar o médico juntamente com seu parceiro. O exame físico pode incluir um exame pélvico (para mulheres) e um exame de próstata (homens) e um exame retal. Se hover suspeita de problema físico, testes apropriados serão solicitados.

Antibióticos, analgésicos ou hormônios estão entre as opções de tratamento que podem ser consideradas.

Buscando ajuda médica

Consulte seu médico se:

  • Remédios caseiros não estiverem funcionando.
  • Você tiver outros sintomas com a relação sexual dolorosa, como sangramento, lesões genitais, períodos irregulares, secreção do pênis ou vagina, ou contração involuntária do músculo vaginal.

Se tiver sofrido abuso sexual, denuncie o crime para a polícia e vá ao pronto socorro imediatamente. Peça a um amigo em quem confia para acompanhar você. NÃO se troque, tome banho ou mesmo lave as mãos antes da avaliação no PS. A tentação de fazê-lo será grande, mas é importante não perder qualquer evidência para ajudar a encontrar, acusar e condenar o suspeito.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

Para relações sexuais dolorosas em mulheres após o parto:

  • Aguarde pelo menos 6 semanas após o parto antes de retomar as relações sexuais.
  • Seja gentil e paciente.
  • Use lubrificação como necessário.

Para ressecamento vaginal/lubrificação inadequada:

  • Tente lubrificantes a base de água.
  • Se você estiver passando pela menopausa e os lubrificantes não funcionarem, fale com seu médico sobre cremes de estrogênio ou outros medicamentos vendidos com receita.

Para relações sexuais dolorosas causadas por prostatite:

  • Tome um banho de banheira com água morna.
  • Beba muito líquido, mas evite álcool e cafeína.
  • Tome acetaminofeno ou ibuprofeno.
  • Tome antibióticos como prescritos.

Para hemorroidas, tente amolecedores fecais. Antibióticos podem ser necessários para infecções do trato urinário, doenças sexualmente transmitidas ou infecções vaginais.

Outras causas de relações sexuais dolorosas podem exigir medicamentos vendidos com receita ou, raramente, cirurgia.

Terapia sexual pode ser útil, especialmente se nenhuma causa médica subjacente for encontrada. Culpa, conflito interior ou sentimentos não resolvidos sobre abuso no passado podem estar envolvidos, os quais precisam ser trabalhados em terapia. Pode ser melhor que seu parceiro consulte o terapeuta junto com você.

Fontes e referências

  • Bhasin S, Basson R. Sexual dysfunction in men and women. Em: Kronenberg HM, Melmed S, Polonsky KS, Larsen PR, eds. Williams Textbook of Endocrinology. 11a. ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2008: cap. 19.
  • Shafer LC. Sexual disorders and sexual dysfunction. Em: Stern TA, Rosenbaum JF, Fava M, Biederman J, Rauch SL, eds. Massachusetts General Hospital Comprehensive Clinical Psychiatry. 1a. ed. Philadelphia, Pa: Mosby Elsevier; 2008: cap. 36.
  • Clayton AH, Hamilton DV. Female sexual dysfunction. Psychiatr Clin North Am. 2010 Jun;33(2):323-38.
  • Heidelbaugh JJ. Management of erectile dysfunction. Am Fam Physician. Fev. 2010 1;81(3):305-12.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não