Periodontite

Visão Geral

O que é Periodontite?

Periodontite é a inflamação e infecção dos ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes. A periodontite é uma doença comum, porém perfeitamente possível de ser prevenida.

Causas

A periodontite ocorre quando gengivite, que é a inflamação e infecção das gengivas, não é tratada ou quando o seu tratamento é adiado. Os quadros infecciosos e inflamatórios passam das gengivas para os ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes. A perda deste suporte faz com que os dentes fiquem soltos e acabem caindo. A periodontite é a principal causa de perda de dentes em adultos. Esse problema não é comum na infância, mas aumenta durante a adolescência.

A placa bacteriana e o tártaro se acumulam na base dos dentes. A inflamação causa o desenvolvimento de um bolso entre as gengivas e os dentes. Essa inflamação, com o tempo, acaba causando a destruição dos tecidos e dos ossos que cercam o dente. Como a placa contém bactérias, é provável que haja infecção também, o que pode levar ao desenvolvimento de um abscesso dentário, aumentando a taxa de destruição óssea.

É normal que as gengivas sangrem durante a escovação dos dentes? - Dúvidas de saúde bucal

Fatores de risco

Alguns fatores de risco enumerados por dentistas que podem aumentar as chances de periodontite incluem:

  • Gengivite
  • Predisposição genética
  • Maus hábitos de saúde bucal
  • Fumo
  • Diabetes
  • Idade avançada
  • Diminuição da imunidade, como ocorre em doenças com leucemia, HIV/AIDS e após sessões de quimioterapia, para tratamento de alguns tipos de câncer
  • Má nutrição
  • Medicamentos
  • Alterações hormonais relacionadas à gravidez ou a menopausa
  • Abuso de substâncias, como álcool e drogas
  • Problemas dentários estruturais
  • Problemas com a forma como os dentes se encaixam ao morder.

Sintomas

Sintomas de Periodontite

Os primeiros sintomas da periodontite lembram os da gengivite. Fique atento aos principais sinais da periodontite:

  • Mau hálito
  • Gengivas com aspecto vermelho vivo ou arroxeado
  • Gengivas com aspecto brilhante
  • Gengivas que sangram com facilidade (principalmente durante a escovação)
  • Gengivas sensíveis ao toque, mas que não doem de outra forma
  • Dentes soltos
  • Gengivas inchadas.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Gengivas saudáveis possuem cor rosada e aspecto firme. Se suas gengivas estão inchadas, vermelhas, sangram facilmente ou mostram outros sinais ou sintomas de periodontite, consulte um especialista o quanto antes. Quanto mais cedo você procurar assistência médica, melhores são suas chances de reverter danos permanentes da periodontite, como a perda dos dentes. Além disso, pode ajudar a prevenir, também, outros problemas graves de saúde resultantes desta doença.

Na consulta médica

Entre as especialidades que podem diagnosticar periodontite estão:

  • Odontologia.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando surgiram os sintomas?
  • Você notou sangramento na gengiva?
  • Você sente dor no dente?
  • Você sente um gosto ruim na boca?
  • Você já foi diagnosticado com alguma outra condição médica?
  • Você faz uso de algum tipo de medicamento?

Diagnóstico de Periodontite

O diagnóstico de periodontite é geralmente feito de forma simples. Ele é baseado na descrição dos sintomas e em um exame da boca do paciente. O dentista examinará a boca em busca da presença de placas bacterianas e tártaro, além de verificar se há sangramento fácil.

Para determinar a gravidade da periodontite, o dentista poderá:

  • Usar um instrumento dental para medir a profundidade do bolso do sulco entre a gengiva e os dentes. O especialista inserirá uma sonda de metal ao lado de seu dente debaixo da gengiva, geralmente em vários locais da boca
  • Tirar radiografias dentárias para verificar se há perda óssea em áreas onde o dentista observa maiores indícios de periodontite.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Periodontite

Os principais objetivos do tratamento da periodontite são reduzir a inflamação, eliminar os bolsos (se houver) e tratar as causas subjacentes. Superfícies ásperas dos dentes ou aparelhos odontológicos devem ser reparados se houver suspeita de que estejam facilitando a ocorrência da periodontite. Causas subjacentes à doenças e outros distúrbios possivelmente envolvidos devem ser tratados.

É importante fazer a limpeza dos dentes cuidadosamente. Isso pode envolver o uso de vários instrumentos ou aparelhos para remover o acúmulo de placa e tártaro dos dentes. A higiene oral rotineira, meticulosa e caseira é necessária após a limpeza dentária profissional para impedir mais destruição. O dentista demonstrará melhores técnicas de escovação e ensinará o uso correto do fio dental. Recomenda-se que os pacientes com periodontite façam limpeza dentária profissional mais de duas vezes por ano.

Também pode ser necessária cirurgia para tratar o problema, pois bolsos muito profundos nas gengivas podem precisar ser abertos e limpos. Além disso, dentes soltos podem precisar de suporte. Talvez o dentista precise remover um ou vários dentes para que a periodontite não piore e se espalhe para os dentes vizinhos.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Experimente algumas medidas caseiras para reduzir e prevenir a periodontite:

  • Realize limpezas dentais profissionais regulares, de acordo com a regularidade recomendada pelo seu dentista
  • Use uma escova macia e a substitua pelo menos a cada três ou quatro meses
  • Consulte seu dentista se estiver pensando em usar uma escova de dentes elétrica
  • Escove os dentes três vezes por dia ou, melhor ainda, depois de cada refeição ou lanche que fizer ao longo do dia
  • Use fio dental diariamente
  • Faça uso, também, de um enxaguante bucal para ajudar a reduzir a placa bacteriana entre os dentes.

Complicações possíveis

Periodontite pode evoluir para problemas de saúde mais graves, confira:

  • Infecção ou abscesso do tecido mole (celulite facial)
  • Infecção dos maxilares (osteomielite)
  • Reaparecimento da periodontite
  • Abscesso dentário
  • Perda do dente
  • Rompimento ou movimento dos dentes.

Expectativas

Algumas pessoas acham desconfortável o processo de remoção de placa dentária das gengivas inflamadas. Os sangramentos e o inchaço das gengivas devem desaparecer dentro de uma ou duas semanas após o início do tratamento, fazendo com elas voltem a ter aspecto saudável.

Você deve manter uma higiene oral cuidadosa por toda a vida, caso contrário, a periodontite pode reaparecer.

Prevenção

Prevenção

A boa higiene oral é a melhor forma de prevenção da periodontite. Ela inclui a escovação e o uso do fio dental cuidadosa e diariamente, além de limpezas profissionais regulares nos dentes. A prevenção e o tratamento da gengivite reduzem o risco de desenvolvimento da periodontite.

Fontes e referências

  • Instituto Brasileiro de Periodontite
  • Ministério da Saúde
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não

Mais sobre

carregando...
  • já ajudou pessoas