PUBLICIDADE

Comer ovo todo dia faz mal? Entenda qual é o limite saudável

O ovo traz muitos benefícios à saúde se consumido na quantidade ideal

Ano após ano, o ovo ganha um novo papel, na sociedade, de vilão a mocinho na vida alimentar dos brasileiros. Para quem busca emagrecimento, o ovo é uma excelente escolha, porém logo de início eu alerto: nenhum alimento de forma isolada irá te engordar ou emagrecer, e sim um conjunto de escolhas saudáveis.

Na nutrição, tudo é analisado de forma individual, respeitando cada indivíduo como único, sem fórmula mágica.

''Mas nutri, afinal, ovo faz bem ou faz mal?!''. Essa é a pergunta que constantemente ouço dos meus pacientes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios do ovo

O ovo é uma proteína de alto valor biológico, e é destacado em alguns estudos como o alimento mais completo do mundo, nutricionalmente falando. Ele é uma excelente fonte de vitamina A, D, E, B12, além de leucina, um aminoácido importantíssimo para a manutenção e construção muscular.

De uma maneira geral, o ingrediente fazem bem aos olhos, pele, ossos e memória. Essas vitaminas e os sais minerais estão contidos na gema, que de vilã não tem nada.

Em relação aos minerais, o ovo tem ferro, zinco, fósforo, potássio. Com isso, combate a anemia, dá energia ao corpo, ajuda na contração muscular, auxilia na absorção de cálcio e ainda fortalece o sistema imunológico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A quantidade de vitamina D encontrada no ovo é a mesma que a de uma colher de sopa de óleo de peixe, sendo responsável por ajudar a absorver melhor o cálcio. Também são ricos em fosfolipídios, que promovem a eliminação de toxinas do fígado, ricos em vitamina B9 e ácido fólico, ideal para grávidas.

Por tempos o ovo ficou conhecido por fazer mal à saúde porque sua gema é rica em colesterol, mas estudos recentes mostram que o colesterol presente em alimentos naturais tem baixo risco de fazer mal à saúde.

São os alimentos processados que desregulam o colesterol, como: bacon, salsicha, presunto cru, linguiça, biscoitos recheados e outros industrializados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidados ao comer ovos

Por Willie B. Thomas / Getty Images
Por Willie B. Thomas / Getty Images

O que precisamos é ter cuidado em relação à forma que manipulamos o alimento. O ovo cru, por exemplo, não é aconselhado, pois é responsável por causar uma infecção alimentar chamada salmonela, trazendo sintomas desagradáveis como diarreia, vômitos, náuseas, e mal estar.

Além disso, a digestibilidade da proteína do ovo cru é muito baixa. Isto quer dizer que apenas 50% da proteína contida nele será digerida e aproveitada pelo nosso organismo.

Para melhor aproveitamento da proteína do ovo, este precisa passar pelo processo de cozimento, seja mexido, cozido, pochê, entre outras formas deliciosas de consumi-lo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quantos ovos comer por dia?

Mesmo com tantas coisas boas, não podemos exagerar no consumo.

Incluir ovos todos os dias nas refeições é interessante para uma dieta equilibrada e saudável. Eles irão ajudar no emagrecimento e manter o cérebro saudável devido à presença da vitamina colina.

No entanto, essa quantidade diária precisa ser analisada individualmente, respeitando a rotina e saúde de cada indivíduo. Embora o ovo seja um alimento muito rico, também possui calorias e, por isso precisa ser analisado de forma individual com seu nutricionista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Há uma margem de segurança. Estudos mostram um consenso na quantidade de ovos permitidos por dia. Segundo eles, consumir de 3 a 4 unidades diariamente faz bem para a saúde.

Como substituir o ovo

"Mas, nutri, eu não consumo proteína de origem animal ou estou tentando diminuir. Como fazer para substituir os ovos tanto na parte nutricional quanto nos preparos das receitas?" Essa é outra pergunta com a qual constantemente me deparo no consultório.

Sim, temos outras formas de substituir o ovo, sem perder os nutrientes e o sabor das receitas. Para quem tem intolerância, alergia ou simplesmente não quer consumir, existem alternativas bem legais, que irão deixar sua receita tão gostosa quanto, e super nutritiva. Por exemplo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Referências:

DIMARCO, D.M. et al. Intake of up to 3 Eggs/Day Increases HDL Cholesterol and Plasma Choline While Plasma Trimethylamine-N-oxide is Unchanged in a Healthy Population. Lipids, 2017.

YLILAURI, M.P. et al. Association of dietary cholesterol and egg intakes with the risk of incident dementia or Alzheimer disease: the Kuopio Ischaemic Heart Disease Risk Factor Study. American Journal of Clinical Nutrition; 105(2): 476-484, 2017.br>

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

MISSIMER, A et al. Consuming Two Eggs per Day, as Compared to an Oatmeal Breakfast, Increases Plasma Ghrelin while Maintaining the LDL/HDL Ratio. Nutrients; 2017.br>

FERNANDEZ M.L. Effects of eggs on plasma lipoproteins in healthy populations. Food Funct;1:156?160, 2010.