PUBLICIDADE

Manteiga ou margarina: quando usar cada uma na cozinha?

Com características específicas, cada uma pode contribuir de maneiras diferentes na cozinha e nas receitas do dia a dia.

Manteiga x margarina. Está aí uma dúvida que sempre aparece na hora de preparar receitas. Pois saiba que as duas podem entrar em uma série de preparações e cada uma tem seus pontos fortes. A manteiga, por exemplo, vai muito bem em receitas que precisam de estrutura e crocância. Já a margarina, por sua leveza e cremosidade, combina com massas, bolos, bolachas e biscoitos e para dietas com restrição alimentar.

Ambas combinam muito bem com o pãozinho ou a torrada, mas para entendermos em que momento é melhor utilizar a manteiga ou a margarina, é preciso antes conhecer um pouco mais sobre esses dois produtos.

A manteiga é de origem animal, produzida a partir da separação da parte sólida e líquida do leite. Já a margarina é de origem vegetal e é composta por óleos vegetais de frutos e sementes, água e, em alguns casos, sal e um pouco de leite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Em relação a nutrientes, as duas também têm suas peculiaridades. A manteiga é feita por um processo natural cujo principal ingrediente é a nata do leite de vaca, portanto contém gorduras saturadas e colesterol.

A margarina, por ser de origem vegetal, não tem colesterol e é fonte de ômega-3 e ômega-6. Um dos medos com relação ao uso de margarina é a existência de gordura trans, mas já há alguns anos que margarinas de marcas confiáveis e de qualidade não têm esse tipo de gordura em sua composição, por isso é importante escolher marcas que sejam referências na categoria.

Manteiga ou margarina: o que vai melhor na minha receita?

Como são produtos de origens diferentes, os sabores e as texturas também não são os mesmos. Com isso, parte da escolha vai do gosto de quem está preparando a receita, mas a gente te dá umas dicas pra te ajudar na hora da dúvida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Em geral, a manteiga vai muito bem em preparações que precisam de estrutura e crocância, como cookies, brownies, massas folhadas e também na finalização de carnes, assados e risotos.

Atenção, pois a qualidade e principalmente a temperatura da manteiga também fazem a diferença nas preparações: algumas pedem o item gelado, pois ela mantém a textura firme e a temperatura baixa por mais tempo, nesse caso é importante respeitar a receita.

Já o uso da margarina pode ser benéfico pela praticidade: sempre cremosa, fácil de misturar, leve e com sabor mais neutro. Ideal para o pré-preparo de assados, para preparar pão de alho pro churrasco, bolos caseiros, massas no geral (pães, coxinha, tortas e massa podre), panquecas, bolachas e biscoitos, que, após assados, ficam mais uniformes e com sabor equilibrado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outra sugestão é usar o item para dar mais sabor à legumes e carnes refogadas e também deixar o omelete mais cremoso. Por sua cremosidade, a margarina também é ideal para untar formas com porcionamento controlado.

A margarina também tem se destacado nas preparações de pratos de quem tem restrições alimentares. Por ter origem vegetal e muitas marcas não conterem leite, pode ser utilizada em dietas de quem busca reduzir o consumo de alimentos de origem animal e dietas com restrições à lactose.

Outro ponto interessante é que preparações sem glúten (para dietas celíacas) ficam melhores com margarina. Dessa forma, a massa fica mais macia, fácil de manipular e com coloração mais neutra, ao passo em que a manteiga deixa a massa mais rígida e quebradiça, dificultando a manipulação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)