PUBLICIDADE

Carnaval: uma maratona de alegria onde o samba faz a diferença

Aproveite a festa sem ameaças à saúde

O samba pede passagem, você não pode deixar faltar energia no Carnaval. E além disto, o gasto calórico será o maior do ano! Nesses quatro dias de folia, a média de gasto calórico será de três a cinco vezes maior que o normal dos seus dias, trabalhando no escritório. É preciso se preparar e se alimentar bem, a prioridade é a energia dos carboidratos e uma boa hidratação.

Se o maior substrato para o exercício e para a atividade cerebral é a glicose, nada mais óbvio do que utilizá-la em abundância durante os quatro dias de Carnaval. Isso poderá evitar sintomas nada agradáveis da hipoglicemia baixa glicose no sangue principalmente, porque você irá ingerir bebidas alcoólicas que fazem com que o açúcar do sangue caia ainda mais. Para evitar o vexame de ver seu bloco desfilar, sem você conseguir acompanhá-lo ou até ir parar num pronto-socorro para receber uma dose de glicose na veia, é melhor saber alguma dicas importantes. Vamos lá... O cuidado inicial é com a ingestão de alimentos contaminados. Na hora da fome, não somos nada seletivos e podemos pôr em risco a festa ao ingerir alimentos na rua, contraindo infecções gastrintestinais que inviabilizam totalmente os festejos.

Isso ocorre principalmente quando comemos na rua, em barraquinhas, optamos por alimentos expostos e nem sempre dentro dos padrões ideais de higiene. É bom prestar atenção em como tais alimentos são manipulados, transportados, acondicionados. Mesmo em barraquinhas, as pessoas que manipulam alimentos devem usar gorro, máscara, luvas e avental. Mesmo as frutas, tão saudáveis e indicadas no verão não devem ser consumidas quando vendidas já descascadas e em pedaços. Apesar de proibido, este tipo de comércio é ainda muito comum por aqui.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dieta equilibrada

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

A melhor forma de se alimentar nos dias de Carnaval é através de uma dieta rica em carboidratos. Eles estão presentes principalmente nos pães, cereais, arroz, milho, batata, mandioca, frutas e doces em geral. Em todos eles, a unidade básica é a glicose, ora em cadeia longas formando estruturas complexas como o amido, ora como compostos simples, dando origem à sacarose do açúcar e à frutose das frutas.

Não há o que temer em relação ao peso corporal, pois o carboidrato não é tão calórico quanto se prega, a não ser quando o associamos às gorduras, como nos sorvetes e chocolates. Mas para os bons foliões, essas calorias são bem vindas e renderão mais energia! Se você for de apreciar o Carnaval sentadinho, aí sim, deve tomar cuidado, pois a energia será muito além da queima.

O preparo para o Carnaval deve começar nos dias que antecedem a festa, através de uma dieta rica em carboidratos, garantindo assim estoques completos de glicose no fígado e alto rendimento físico durante as danças, mesmo por tempo mais prolongado. Muitas vezes, mesmo bem alimentados, não somos capazes de armazenar substratos energéticos para além de quatro horas após a última refeição.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como nas maratonas, os atletas precisam de suplementação de carboidratos durante a prova, aqui também, precisamos muitas vezes de nos alimentar durante a festa. Novamente, devemos contar com os bons amigos carboidratos. O pão é o carboidrato mais acessível, na forma de sanduíches, nesses momentos. Cuidados especiais com os recheios, pois até os naturais muitas vezes, não têm nada de natural, pois podemos sentir o gosto da maionese ameaçando nosso bem estar. Às vezes, ir à padaria e pedir pão com manteiga nos salva do churrasquinho grego. Temos ainda como opções: pão de queijo, pão de batata, queijo quente. Além da alimentação, precisamos estar bem hidratados para agüentar bem os dias de Carnaval.

Perdemos muita água extra durante a festa, pela transpiração excessiva, pela perspiração que é a perda pela fala aqui exagerada, pois não só falamos, como cantamos e não só cantamos, como gritamos e berramos pelo uso do álcool pois a cerveja e o chope que ingerimos funciona muito mais como desidratantes do que hidratantes corporais, pois nos fazem urinar muito. O resultado de tudo isso é o risco de desidratação. Logo, toda ingestão líquida destituída de álcool é válida. Desde água, passando pelos líquidos isotônicos, sucos naturais e refrigerantes.

Pelo fato de perdermos água e eletrólitos como sódio e potássio, o ideal seria a hidratação através de líquidos isotônicos, sucos e água de coco, que repõem também tal perda. Tendo em mente cuidados simples seu Carnaval poderá ser muito mais divertido e nenhum imprevisto poderá comprometer seu fôlego e sua festa. Beba com moderação, caia na folia e tenha apenas bons momentos para recordar na quarta-feira.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)