PUBLICIDADE

Carta aos que desistem do Yoga (e da vida)

Leia com muita atenção e Reflita, muito!

Espero que esta missiva te encontre saudável, energizado e com Alegria. Como yoguim tu tens direito a tudo isso e muito mais.

Eu, Otávio Leal - Dhyan Prem estou escrevendo a todos vocês que se interessaram, ou melhor, que foram chamados pela existência, que tem a missão de ser um praticante e professor da Tradição do Yoga. Parabéns! Parabéns mesmo!!!!

Hoje, poucos no planeta tem o discernimento e consciência que tu tens! Não sei ao certo se sabes toda a diferença que essa formação faz e fará na tua vida. Eu mesmo conhecendo inúmeras técnicas de auto-conhecimento, equilíbrio, saúde e exercícios físicos, encontro pouquíssimas técnicas tão ricas, saudáveis e profundas como o Yoga. Quem o pratica como você, tem uma qualidade de Vida excelente, além de ter o corpo equilibrado, alongado, saudável, energético até a partida desse planeta. Tu vais usar o yoga até o último dia de sua passagem.

Todos os iluminados insistem que o corpo é um templo a ser cuidado e você, ao

contrário da maioria faz isso de forma harmônica e graciosa. E continue fazendo.

O meu convite é que na tua formação tenhas paciência e persistência. Não desista em hipótese alguma, por nada nesse mundo e no dia de sua formação você não irá se arrepender. Alguns curiosos recebem esse chamamento da alma e não o olham com responsabilidade. Abandonam não só a formação mais toda a promessa de qualidade de vida oferecida ao Yoguim.

Algumas de suas aulas poderão até ser "paradas" ou "repetitivas", mas é preciso que seja assim. Seu corpo irá entender isso ao final e tu terás a satisfação e o orgulho de pertencer a nobre filosofia do Yoga: ser um yoguim ou uma yoguini. Durante sua formação também poderão haver alguns testes de paciência: chuva em São Paulo, alunos exibidos, alguns sem educação e é claro os que só sabem reclamar, mas tudo isso já é um exercício de reconhecimento da sua paz - Shanti. Quando estudei yoga, um dia pensei: Não consigo acompanhar e não tenho paciência. Como é que podia saber se não tinha feito ainda toda a formação? Acabei persistindo. E sei que fiz o certo. Eu não sou um desistente e tu também não. Pensei também: Não dá para aprender tudo em 2 anos de formação. Ah é Vidente?! Qual o número da próxima loto??? Inventei outra desculpa; Como poderia saber se não tentasse? "Não tenho tempo para praticar." Verdade??? Não, mentira. Sem-vergonhice da minha mente e crenças de pessoas limitadas. Formei-me em Yoga e ainda fui faixa preta e instrutor de Kung-fu praticando e estudando até madrugada.

Vários praticantes de Yoga largam ou vendem tudo que tem para estudar na Índia. Eu e a Diana fizemos assim. Você talvez agora até não vá à Índia, mas se formará com instrutores, mestres, e professores que foram e compartilharão isso contigo. Existem alunos que faltam as aulas por qualquer motivo fútil e o que é pior, não repõem. Sobre isso, leia aqui:

Infelizmente, a maioria das pessoas nunca faz nada de extasiante, completo e bem feito na vida, isso por estarem demasiado ocupadas a inventar desculpas. A razão pela qual essas pessoas não atingiram seus objetivos ou não estão vivendo a vida que desejam não deve-se ao modo como seus pais as trataram, ou à falta de oportunidade na juventude, ou porque são muito velhas, ou então jovens demais. Todas essas desculpas não passam de Sistemas de Convicções retrógradas e infantis! Não são apenas limitadoras, são destrutivas.

Usar o poder da decisão lhe dá a capacidade de vencer qualquer desculpa e modificar sua vida em um instante. Você se tiver garra e persistência pode mudar seus relacionamentos, seu ambiente de trabalho, nível de aptidão física, rendimentos e estados emocionais. Pode determinar se está alegre ou triste, frustrado ou animado, escravizado pelas circunstâncias ou expressando sua liberdade. *




Algumas pessoas não acham tempo nem para cuidar do corpo. Se alguém não tem tempo de cuidar do corpo tem tempo pra quê? Helooo? Tempo para o quê?

Uma vez uma "aluna" não seguiu na formação, pois disse que após algumas práticas tinha dores no corpo. Pode isso? Se o Yoga que é exercício suave deixa o corpo dolorido, imagine como está o

cuidar do corpo desse indivíduo. O que alguém sério faz quando realiza exercícios e sente dores: Insiste, persiste, se cuida e pratica até de forma mais suave, mas insiste até isso desaparecer. Tem outro jeito? Qual? Ser vencido por alguma dorzinha? Morrer como muitos brasileiros insistem em morrer? Doentes?

Alguns de nossos alunos hoje entenderam o convite para serem yoguins. Entenderam o que é o Yoga e o diferencial que o mesmo faz na vida, praticam intensamente. Dá-me orgulho e profunda alegria observar isso. O que tu já fez até o fim para se cuidar e levar isso ao próximo? Insisto, meu convite é esse. Leve muito a sério a tua formação em yoga. Dedique-se ao máximo, não abandone-a por nada desse mundo. Aliás, nunca, absolutamente nunca, desista de seus sonhos. Quem fica para trás no caminho, mais para frente se arrependerá profundamente. É um fato que observamos em todos que desistiram de algo tão nobre e saudável.

Tu tens Controle Físico?

Vale a pena ter tudo com que sempre sonhou, mas não dispor da saúde física para desfrutar? Tu acorda todos os dias sentindo-se energizado, cheio de vigor e pronto para dar início a um novo dia? Ou acorda se sentindo tão cansado quanto na noite anterior, cheio de dores e ressentindo por ter de começar tudo de novo? O seu atual estilo de vida o converte numa estatística? Um em cada dois americanos morre de doença coronária; um em cada três morre de câncer. Para usar uma frase do médico Thomas Moffett, estamos cavando nossas sepulturas com os dentes quando enchemos o corpo de alimentos nutricionalmente vazios, cheios de gorduras, envenenamos nossos organismos com cigarros, álcool e drogas, e sentamos passivamente diante de aparelhos de televisão. Controle sua saúde física, a fim de que não apenas tenha uma boa aparência, mas também se sinta bem, e saiba que está controlando sua vida, em um corpo que irradia vitalidade, e permite que alcance a alegria desejada.*

Olhe essas fotos! Tu percebes o que eu escrevo? Você sabia que a formação da Humaniversidade é uma das poucas reconhecidas pela Aliança do Yoga?

Que tivemos convidados ministrando aulas como Shimada, Marcos Rojo, Monja Issin, Neelama Gayatri, Gerson D'Addio, Rita Assis, Monja Coen, etc. Se tu entendeu essa mensagem, seja bem vindo! Se não, nada posso fazer por ti.

Amor e Silêncio, Otávio Leal (Dhyan Prem)

* textos adaptados de Antony Robins Esse texto foi enviado aos alunos da formação em yoga da Humaniversidade www.humaniversidade.com.br