Edilaine perguntou:

Como desmamar o bebê?

  • Respondido em 04/08/2014
    Dra. Isis Dulce Pezzuol Pediatria e Homeopatia - CRM 39546/SP
    especialista minha vida
    Olá,

    Por definição , desmame é quando começamos a dar para a criança qualquer alimento que não seja leite materno . A questão do "não mamar" a noite envolve várias questões, não é tão simples assim : como é a alimentação durante o dia . como é a fome, será que é hábito , dorme na cama com a mãe, entrada recente na escolinha , mudanças bruscas em sua vidinha, tudo isso pode incentivar o mamar a noite . Fome ? Carência ?
    Mas se eu fosse um bebê, mamar a noite no "colinho" da mãe deve ser muito gostoso e nós mamães ficamos felizes mas com muito sono. Não existe uma fórmula mágica. Depois de tudo isso que eu pontuei, temos de ter regras e horários do bebê bem estabelecidos. A mamãe tendo a certeza de que a criança esta bem alimentada , pode até "deixar chorar ", pessoalmente eu não tinha coragem . Boa sorte !!

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 26/08/2014
    Dr. Jorge Huberman Pediatria - CRM 34486/SP
    especialista minha vida
    Olá,

    Desmamar uma criança não deixa de ser como uma longa despedida cheia de emoções misturadas -- às vezes dolorosas, às vezes liberadoras. O importante é que o desmame não signifique o fim da intimidade que você estabeleceu com seu filho durante o aleitamento. Você só terá que substituí-lo por outras formas de carinho. Se a hora da mamada servia para confortar o bebê, procure ler ou cantar para acalmá-lo.
    Se puder, não estabeleça um calendário fixo para deixar de amamentar. Procure observar se seu filho já dá sinais de que está pronto para isso. Observe se ele demonstra menos interesse pelo peito, se já substituiu algumas mamadas por outros tipos de alimentos ou até se prefere brincar. Você, melhor do que ninguém, saberá julgar.
    Vá devagar.Aconselhamos a não parar de amamentar de repente, porque a experiência pode ser bastante traumática para a criança e nada confortável para você. Passar, por exemplo, um fim de semana longe do seu filho não é uma boa forma de encerrar o aleitamento, já que poderá deixá-la com seios cheios demais e até levar a uma mastite.
    Se o bebê não mostra sinais de que está pronto para parar de mamar, o desmame possivelmente será enfrentado com resistência. Tente ser paciente. Lembre-se de que a amamentação não é somente fonte da nutrição da criança, é também de conforto. Tendo isso em mente, o melhor a fazer é ajudar o bebê a se ajustar à nova rotina. Você pode experimentar os seguintes métodos:

    Só ofereça o peito quando seu filho demonstrar interesse. Se o bebê estiver distraído na hora da mamada ou se abocanhar o peito por segundos apenas, pode ser que esteja indicando que é um bom momento para parar. Pule uma mamada e veja o que acontece. Dê leite em um copinho ou na mamadeira. Você pode tirar seu próprio leite ou dar uma fórmula infantil (no caso de crianças maiores que 1 ano, o leite de vaca integral também pode ser oferecido). Ao ir perdendo uma mamada por vez, a criança tem tempo para se adaptar às mudanças. Sua produção de leite também vai diminuir gradualmente, sem deixar os seios ingurgitados ou com uma possível mastite (inflamação mamária).

    Atrase as mamadas. Tente adiar as mamadas se estiver amamentando só de vez em quando. Quando seu filho pedir o peito, diga que não chegou a hora ainda e procure distraí-lo. Este método funciona bem com crianças um pouco mais velhas, com quem é possível tentar argumentar. Em vez de dar de mamar no começo da noite, espere até a hora de dormir.

    http://brasil.babycenter.com/a1500278/desmame#ixzz39RYpaOjK

    PUBLICIDADE