PUBLICIDADE

Plogging: exercício emagrece e preserva o meio ambiente

Conheça a modalidade que te ajuda a queimar calorias e cuidar do planeta

Você já se deparou com pessoas com roupas esportivas recolhendo lixo por aí? Esta é uma nova modalidade esportiva que já ganhou nome e tem conquistados adeptos no Brasil: o plogging, uma mistura de atividade física com boas práticas de sustentabilidade.

Como funciona o plogging

Para praticar o plogging basta combinar uma prática física geralmente aeróbica, como caminhada e especialmente corrida, com a coleta de lixo.

Grupos normalmente marcam encontros em praias ou ruas e levam sacolas ecológicas (ecobags) para o recolhimento adequado dos resíduos durante o trajeto. Também é aconselhado que cada participante leve uma luva reutilizável. Tais itens são essenciais nesta modalidade para que se evitem contaminações.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por que aderir e benefícios

O plogging é bastante benéfico para o meio ambiente, claro: afinal, você ajuda a descartar o lixo que foi espalhado incorretamente por aí. Porém, mais do que isso, os movimentos de agachar e abaixar para pegar algo no chão servem como um ótimo exercício para alongar o corpo e queimar calorias.

Própria saúde:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Thaynara Fumieri é educadora física, proprietária do Centro de Treinamento Viva Melhor e idealizadora do "Plogging ES", que leva a iniciativa para Vila Velha (Espírito Santo). Ela afirma que o ato de trotar traz um gasto calórico maior do que o de uma caminhada.

Além de trotar ou mesmo fazer uma caminhada mais leve, os participantes agacham bastante para recolher o lixo - o que fortalece as articulações e também auxilia na redução de calorias.

Meio ambiente:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O Brasil está em 16º no ranking de nações que mais poluem os mares. A lista foi divulgada na Revista Science por pesquisadores do Centro de Análises Ecológicas da Universidade da Georgia (EUA), com uma estimativa de 10 milhões de toneladas de plástico que vão parar nos oceanos por ano.

Além disso, um monitoramento que vem sendo feito desde 2012 pela USP (Universidade de São Paulo) em parceria com o Instituto Socioambiental dos Plásticos (Plastivida) aponta que 95% do lixo encontrado em praias brasileiras é composto por itens de plástico.

De acordo com Tiago Cardozo, um dos organizadores do "Plogging ES", "o próprio ser humano está contaminando o planeta. Isso é alarmante! Então, a ideia do plogging é um 'trabalho de formiguinha', com a intenção de que cada vez mais pessoas se conscientizem de que lixo não é para estar na rua, no chão; e também criarmos a consciência de reduzir a quantidade de lixo gerada".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

View this post on Instagram

🧹🗑🌊It’s a Full-Time Job 🧹🗑🌊 #cleantheplanetnow  As you might imagine, keeping the waterways of the world clear is a full-time job these days. Sure, there are clean-up crews, but just think how much work they have to put in every single day. . . . . . . #cleanup #plasticfree #zerowaste #nature #clean #plastic #savetheplanet #recycle #plasticpollution #trashtag #pollution #plogging #ecofriendly #trash #beach #Cleanup #lesswaste #environment #umweltschutz #stoplittering #naturelovers #beachclean #waste #cleaning #themumbaiplasticrecyclothon #thebigcleanup #hair #health #beachlife

A post shared by Clean the Planet (@cleantheplanetnow) on

Origem do plogging

A moda do plogging se inicou na Suécia em 2017, quando o ambientalista Erik Ahlstrôm organizou um grupo em seu Facebook para lançar o que chamou de "corrida sustentável". Erik uniu as palavras "plocka" (que em sueco significa "recolher") e "jogging" ("trotar", em inglês) para criar o termo "plogging", que representa o ato de correr recolhendo lixo.

Popularidade

O plogging ganhou popularidade nas redes sociais por ser uma modalidade fácil, sustentável e que permite grande interação social por normalmente ser feita em grupos. Muitas pessoas já compartilharam suas fotos usando as hashtags #plogging ou #plogga, buscando incentivar demais cidadãos a aderirem a essa nova moda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Japoneses na Copa do Brasil 2014

Você se lembra da cena em que a torcida japonesa recolheu lixos nos estádios durante a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil? Pois ali já havia uma semente do que era o plogging. O ato despertou a atenção de diversos brasileiros, em que muitos começaram a se organizar para repetir o ato. Hoje, grupos de plogging estão espalhados pelo país e ganham cada vez mais adeptos.

O plogging no Brasil

Thaynara e Tiago são os responsáveis por motivarem capixabas a saírem do sedentarismo - e criarem hábitos tanto sustentáveis quando saudáveis. Organizadores do "Plogging ES", a ideia de trazer a prática ao Brasil surgiu a partir de um amigo que mora na Europa e comentou sobre a modalidade, que já é bastante comum por lá.

A ação é feita mensalmente e tem duração média de uma hora. Há um aquecimento prévio anterior, sobretudo com alongamento básico para articulação dos membros superiores e inferiores.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os resíduos são colocados em lixeiras adequadas, cedidas pela prefeitura. Porém, alguns grupos de plogging no Brasil já buscam formas alternativas de entregar os objetos recolhidos a associações de reciclagem e tratamento de lixo.

Há restrições?

"O plogging é bem tranquilo de ser praticado, pois cada pessoa pode colocar e respeitar seus limites. Nós temos feito nossas ações na praia; então, se você tem alguma limitação, em vez de trotar você pode caminhar", afirma Tiago Cardozo.

A educadora física Thaynara concorda, dizendo que o plogging é para todos. Apenas aconselha que pessoas com problemas articulares procurem médicos para liberação à atividade, visando evitar risco de lesões.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mais do que uma ação, conscientização

Mais do que recolher lixo e se exercitar somente nos dias de ação do plogging, os organizadores querem conscientizar os cidadãos. Querem despertar nos participantes que o ato de recolher resíduos pode ser aplicado no dia a dia.

"Vou levar meu cachorro para passear. Então, posso levar a sacola ecológica e, no caminho, ir recolhendo os lixos espalhados. Ou vou para a casa de um amigo. Logo, decido ir andando e vou recolhendo o lixo espalhado no caminho", comenta Thaynara. "A ideia é termos ploggers, que são pessoas que aderem ao hábito, carregando a sacola do movimento para onde vão e veem o recolhimento do lixo como uma prática rotineira", afirma.

View this post on Instagram

Если вы только что к нам присоединились👇🏻 ❓Что такое плоггинг❓ . 📌Кратко: Это пробежки, во время которых вы собираете мусор. Зародилось движение #plogging в Швеции. А теперь мы развиваем его и в Беларуси #ploggingbelarus. . 📌Развернуто: Международная экологическая инициатива, суть которой заключается в сборе мусора (от швед. plokka up) по пути во время бега трусцой (от англ. jogging). Впервые плоггинг стартовал в Швеции в 2016 и сейчас к движению присоединились более 40 стран. Команда спортивного сообщества Allride совместно с Центром экологических решений стали амбассадорами Plogga (Швеция) в Беларуси и запустили совместный проект Plogging Belarus. . 🏃🏼‍♀️Следующий забег – 8 июня в 11.00 в Яблоневом саду на улице Рафиева. Регистрация на сайте http://ploggingby.tilda.ws/ (Активная ссылка в шапке профиля👆🏻) Присоединяйтесь!

A post shared by PLOGGING in BELARUS (@plogging.belarus) on

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)