PUBLICIDADE

O que NÃO pode comer quando faz tatuagem

Veja como melhorar o processo de cicatrização da pele tatuada e quais alimentos evitar

Foto: Olena Yakobchuk/Shutterstock
Foto: Olena Yakobchuk/Shutterstock

A tatuagem nada mais é do que um trauma na pele feito com tinta e agulha. Por isso, assim como qualquer corte, ferida ou arranhão, ela passa por um processo de cicatrização, ou seja, o corpo começa um mecanismo para regenerar o tecido.

Segundo a dermatologista Fernanda Falcão, esse processo inclui a formação de tecido fibroso, vasos sanguíneos, células inflamatórias e reepitelização das camadas mais superficiais da pele.

Além desse mecanismo de cicatrização da pele, é importante tomar diversos cuidados antes e depois de fazer uma tatuagem, para não atrapalhar nesse processo ou até mesmo desencadear uma inflamação ou doença.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alimentos remosos

A alimentação é um dos principais fatores que influenciam na cicatrização da pele. Por isso, alguns alimentos não são indicados consumir por pelo menos 15 dias após realizar a tatuagem. Eles podem ser chamados de remosos, ricos em gordura e que facilitam a inflamação da pele. são eles:

"Esses alimentos são mais alergênicos, como por exemplo o camarão, podendo causar reações locais na pele. Já os industrializados contêm substâncias que aumentam o estado inflamatório do organismo, retardando o processo de reparação do tecido", explica a dermatologista Fernanda Falcão, especialista da DaVita Serviços Médicos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alimentos cicatrizantes

Uma alimentação balanceada com alto valor nutricional pode ajudar no processo de cicatrização, como:

Queloide na tatuagem

Quem tem predisposição para ter queloide, ou seja, histórico familiar ou pessoal, tem risco maior para desenvolvê-la ao fazer uma tatuagem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"A queloide é uma cicatrização que ocorre por aumento exagerado e não controlado do tecido fibroso (fibrose). Ele se estende além do limite da lesão, pode coçar e doer", esclarece a dermatologista Fernanda Falcão.

Portanto, para não correr o risco de formação de queloide, a tatuagem deve ser evitada nestes casos.

Além disso, converse com seu tatuador para fazer o teste do toque - que consiste em aplicar uma pequena quantidade de tinta na pele para notar se a pessoa tem reação alérgica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)