PUBLICIDADE

Albumina: o que é, para que serve e preço

Ele também proporciona saciedade e pode contribuir para a recuperação de pacientes que sofreram queimaduras e na recuperação após cirurgias

A albumina ajuda no ganho de massa muscular - Foto: Getty Images
A albumina ajuda no ganho de massa muscular - Foto: Getty Images

A albumina é uma proteína da família da globulinas e apresenta funções biológicas importantes. É a principal proteína do sangue do ser humano. Ela é encontrada em diversos alimentos de origem animal (inclusive o whey protein é uma albumina), além de estar presente também em raízes de algumas plantas.

A albumina comercial mais conhecida é a derivada da clara do ovo e é considerada uma proteína de alto valor biológico por conta do seu perfil de aminoácidos.

As várias funções da albumina são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nutrientes da albumina em pó

Albumina (14 g)
Calorias 54 kcal
Carboidratos < 1 g
Proteínas 11 g
Gorduras totais 0 g
Gorduras saturadas 0 g
Gorduras trans 0 g
Fibras alimentares 0 g
Sódio 179 mg

Tabela fornecida pelo nutricionista Israel Adolfo, especialista em nutrição esportiva

Segundo as normas da ANVISA, a albumina é:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, ela possui quantidades interessantes dos seguintes nutrientes:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A albumina ainda é fonte de aminoácidos essenciais, ou seja, que não são produzidos pelo nosso corpo.

Para que serve a albumina

O suplemento de albumina serve como um aliado no ganho de massa muscular. Além disso, ele também pode contribui para a perda de peso. Alguns outros estudos também apontam que o suplemento pode ser interessante para pacientes que sofreram queimaduras e na recuperação após uma cirurgia.

Benefícios comprovados da albumina

Ajuda no ganho de massa muscular: Diversos estudos apontam que a albumina é aliada no ganho de massa muscular. Entre eles, uma pesquisa publicada no Journal of the American Geriatrics Society feita com mais de 600 homens e mulher concluiu que a baixa albumina no organismo está associada com o declínio da força muscular em mulheres e homens mais velhos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os benefícios da albumina para os músculos ocorrem porque ela possui proteínas de alto valor biológico que ajudam a reparar os músculos que sofreram microlesões devido à prática de exercícios. Esses músculos são reparados e ficam maiores e mais fortes.

Proporciona saciedade: O suplemento de albumina proporciona saciedade porque é rico em proteínas que têm uma digestão mais lenta.

Quando a albumina é indicada para saúde?

Além do uso da albumina como suplemento alimentar no esporte e atividade física, ela pode ser usada como suplemento nos seguintes casos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Existem outras situações em que a suplementação de albumina ainda não é consenso:

Albumina pode ser boa para pacientes com queimaduras - Foto: Getty Images
Albumina pode ser boa para pacientes com queimaduras - Foto: Getty Images

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como consumir

A albumina pode ser encontrada na forma de pó, e deve ser ingerida após o treino, com o objetivo de reconstrução da musculatura treinada. Ao consumi-la é importante que seja dissolvida em um líquido de preferência frio, para evitar a quebra da mesma e consequente alteração do sabor. A água é uma opção, porém, outras boas opções são a água de coco, sucos e vitaminas, pois além de incorporar os carboidratos importantíssimos no pós-treino, também melhora o sabor.

Quantidade recomendada

Não existe recomendação de consumo diário para a albumina. Está recomendação só existe quando há um objetivo por trás de seu uso, como por exemplo, o desenvolvimento de massa muscular. Nestes casos a recomendação é individual e feita a partir de uma análise global da alimentação diária.

Precauções ao consumir

Observe se a empresa que produziu o suplemento de albumina é regulamentada pela ANVISA. Além disso, ao adquirir observe seu aspecto. Caso o odor esteja muito forte ou o pó tenha alguns pontos escuros não compre. Ao ingerir a albumina, procure beber muita água para evitar problemas nos rins. A albumina só pode ser orientada por nutricionistas ou nutrólogos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Efeito colateral

O principal problema do suplemento albumina é que por ser derivado do ovo, seu consumo favorece o aumento de flatulências. Por esse motivo, muitas pessoas tem preferido o consumo do Whey Protein, que também é uma boa fonte de proteínas e não possui este efeito colateral.

Riscos ao ingerir em excesso

Quando consumida em excesso, o suplemento albumina pode levar à retenção de líquidos e até favorecer uma hipertensão. Isto porque ele possui grandes quantidades de sódio. Os valores recomendados de albumina possuem 255 miligramas de sódio, cerca de 12% da recomendação diária. Além disso, a questão das flatulências fica ainda mais grave quando a albumina é ingerida em excesso. Outro risco pode ser uma futura complicação renal, por conta do excesso de consumo de proteínas.

Albumina engorda?

Quando a albumina é ingerida em quantidades corretas, o peso não é afetado. Já o excesso de albumina favorece o ganho de peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quem pode consumir

O suplemento de albumina só pode ser ingerido após a orientação de um médico especialista ou de um nutricionista. Geralmente ele é orientado para pessoas que praticam atividades físicas.

A albumina é derivada da clara do ovo - Foto: Getty Images
A albumina é derivada da clara do ovo - Foto: Getty Images

Gestantes, lactantes e pessoas com alergia ao ovo devem evitar o consumo do suplemento. Pessoas com problemas no intestino também devem tomar cuidado com o consumo, devido ao fato do suplemento favorecer flatulências. Por fim, quem tem problemas renais também deve tomar cuidado, pois o excesso de proteína pode sobrecarregar os rins.

Combinações

Procure combinar o consumo de albumina com um carboidrato, pois este macronutriente ajuda na entrada de proteínas no músculo. Se nçao houver restrição, vale ingerir com a maltodextrina ou dextrose, ambas boas fontes de carboidratos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Preço da albumina

O suplemento de albumina pode variar de acordo com a quantidade e a região em que está sendo comprado. Mas é possível encontrá-lo em lojas virtuais custando em média R$ 20 a R$ 60.

Fontes consultadas:

Nutricionista Marcela Sansone, especialista em nutrição Ortomolecular e Esportiva.

Nutricionista Rita de Cássia Leite Novais da Consultoria Alimentar