PUBLICIDADE

Dor do luto facilita o surgimento de doenças, aponta estudo

Pesquisa dos EUA demonstrou que pessoas que perderam entes queridos apresentaram mais inflamações pelo corpo

Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Rice University, nos Estados Unidos, concluiu que a perda de um ente querido pode provocar processos inflamatórios significantemente mais altos no corpo. A análise foi realizada a partir da coleta de amostras de sangue de 99 pessoas em luto pelo falecimento de alguém próximo nas duas semanas anteriores ao teste.

Aqueles que se encontravam em um estado depressivo, sofreram com a perda e passaram por grande dificuldade para seguir em frente chegaram a expressar até 53% mais inflamações no corpo durante o luto do que indivíduos mais estáveis.

De acordo com os autores do levantamento, os achados são relevantes porque estudos antecedentes já demonstraram que inflamações contribuem para uma ampla gama de doenças na vida adulta. Além disso, esta é a primeira pesquisa a associar diretamente os sintomas do luto a impactos negativos na saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saiba mais: 5 fases do luto: quais são essas etapas e como atravessá-las

Parte dessas comprovações não foi uma verdadeira surpresa: outras pesquisas já haviam concluído que indivíduos em luto possuem maiores chances de desenvolverem depressão grave. Entre os riscos, há também maiores possibilidades de sofrer um ataque cardíaco e AVC.

Sintomas físicos do luto

O luto não se define apenas como um sofrimento de cunho emocional, mas também de reflexos físicos. De acordo com a Sociedade Psicológica Britânica, nesse processo, é possível sentir estômago revirado, coração acelerado, tremedeira, flashbacks e hipersensibilidade ao barulho.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Perder um ente querido também está associado a infecções, de acordo com um estudo da Universidade de Birmingham, no Reino Unido. O que foi concluído é que, especialmente entre idosos, o luto pode provocar um processo de redução das funções das células do sangue responsáveis por combater bactérias.

Todas essas descobertas permitem levantar considerações importantes: um reconhecimento da vulnerabilidade e dos riscos de saúde aos quais aqueles afetados pelo falecimento de alguém próximo podem estar expostos. Por isso, é importante vivenciar as fases do luto e procurar ajuda quando for necessário.

Como superar o luto

Como lidar com o luto pela morte de uma pessoa próxima?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Apoio de amigos e familiares é essencial na hora de superar o luto

Luto: como lidar com o que fica de quem já se foi?