PUBLICIDADE

Anvisa aprova novo medicamento para reprodução assistida

Medicamento estimula a produção de folículos, responsáveis por incitar os ovários a liberarem os óvulos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta terça-feira (17), um novo medicamento para tratamentos de infertilidade feminina. A indicação é para mulheres que já ingressaram em tratamentos de reprodução assistida.

O produto é o Rekovelle® que tem como princípio ativo a substância deltafolitropina, substância que está associada ao hormônio Folículo Estimulante Humano (FSH). Esse componente que permite a liberação dos óvulos pelos ovários para a fecundação, estimulando os ovários a desenvolverem múltiplos folículos.