PUBLICIDADE

Teste rápido de febre amarela será distribuído pelo SUS

Exame detecta a presença do vírus da febre amarela a partir da coleta de gotas de sangue. O resultado fica pronto em apenas 20 minutos.

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O diagnóstico precoce da febre amarela, ou seja, feito com rapidez e precisão, pode fazer toda diferença na hora do tratamento. Por isso, o Ministério da Saúde divulgou que um teste capaz de detectar a infecção pelo vírus da febre amarela em 20 minutos deve começar a ser oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 30 dias.

O teste rápido produzido pela Bahiafarma, laboratório ligado à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia obteve a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no final do ano passado e que já fornece outros testes semelhantes para o ministério.

De acordo com o ministério, serão distribuídos 100 mil kits do teste rápido para os Estados com registros de disseminação do vírus. O valor de compra dos kits não foi divulgado, e reuniões ainda estão sendo realizadas para definir as estratégias de distribuição.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O teste é simples e é realizado com apenas uma gota de sangue do paciente. Após 20 minutos, o resultado já está liberado e irá informar se a pessoa tem a cobertura vacinal e se está com o vírus naquele momento.

Além do diagnóstico rápido, o uso do teste tem como objetivo mapear a circulação do vírus pelo País. O teste para a febre amarela foi desenvolvido pela Bahiafarma em parceria com o laboratório sul-coreano GenBody.

Atualmente, o diagnóstico da febre amarela é feito pelo teste do Instituto Adolfo Lutz, do governo do Estado de São Paulo, e demora até 10 dias para ficar pronto. Em casos humanos, o instituto entrega os exames entre três e cinco dias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Febre amarela no Brasil

Desde janeiro de 2017, o número de casos de febre amarela vem aumentando. No estado de Minas Gerais já foram confirmados 225 casos de febre amarela silvestre, sendo que 76 deles evoluíram para óbito. Em outros estados também há um aumento de casos: 53 mortes em São Paulo até o dia 16/02. No Rio de Janeiro, ocorreram 24 óbitos devido a febre amarela silvestre em 2018. Além disso, no Distrito Federal foi confirmado 1 caso de óbito devido a febre amarela.