PUBLICIDADE

Gravidez não planejada pode atrasar desenvolvimento do bebê

Retrocesso de suas capacidades físicas e verbais pode ser até de cinco meses

De acordo com um estudo publicado no British Medical Journal, crianças nascidas de gestações não programadas têm mais chances de apresentar um vocabulário limitado e habilidades não verbais mais pobres do que aquelas geradas por gravidez planejada. A pesquisa foi liderada por estudiosos britânicos de instituições como a da Universidade de Londres.

Foram analisados dados de aproximadamente de 12 mil crianças do Millennium Cohort Study, uma ampla pesquisa sobre crianças nascidas entre os anos de 2000 e 2002 e suas famílias. Os pais que participaram foram entrevistados quando seus filhos tinham nove meses e, posteriormente, quando eles completaram três e cinco anos. Além disso, as mães relataram se a gravidez havia sido planejada e se haviam feito algum tratamento para infertilidade.

Os resultados mostraram que crianças nascidas após uma gestação não planejada apresentaram atraso de quatro a cinco meses em sua capacidade verbal ao comparadas àquelas que tiveram a sua concepção programada. O estudo também revelou que aquelas nascidas após reprodução assistida mostraram-se cerca de três a quatro meses mais adiantadas do que as de gravidez planejada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo os pesquisadores, uma das causas dessa disparidade é explicada por fatores socioeconômicos, pelo fato de eles influenciarem diretamente a qualidade de vida das crianças.

Tipos de anticoncepcionais

Os anticoncepcionais podem ser uma boa alternativa na hora de prevenir uma gravidez que ainda não faz parte dos planos. Pílula, injeção, DIU, adesivos e anéis. São diversos os contraceptivos à base de hormônios, o que acaba confundindo a mulher na hora da escolha do melhor método. Mas quais são os benefícios de cada um deles? Qual é o que mais combina com a sua rotina diária?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os injetáveis

Eles são super práticos, mas podem atrapalhar seu ciclo menstrual devido às doses de longa duração. São uma ótima opção para quem se esquece de tomar as pílulas diárias.

DIU de progesterona

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ele tem uma duração enorme, o que proporciona mais tranquilidade, além de possuir baixar dosagem de hormônios. O DIU também diminui o sangramento vaginal, podendo, em alguns casos, até suspender a menstruação.

Adesivos e anel vaginal

Os dois apresentam uma dosagem baixa e são super práticos, mas precisam de uma recomendação médica. A quantidade de hormônios pode variar nas duas opções de contraceptivos. Eles podem ser trocados semanalmente ou a cada três semanas, sendo ideais para mulheres que esquecem de tomar a pílula diária.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pílula do dia seguinte

Também considerada um contraceptivo hormonal a pílula do dia seguinte só deve ser usada em casos de emergências. Composta de uma dose mais alta de progesterona, ela evita a gestação em casos especiais (quando a camisinha falha, por exemplo), mas não pode ser usada com frequência, caso contrário, pode causar sérios problemas hormonais.