Aulas de música aumentam o aprendizado linguístico das crianças

Aprender a tocar instrumentos musicais pode potencializar o desempenho dos pequenos na escola

A música é uma ferramenta de aprendizado importante para o desenvolvimento das crianças. Entrar em contato com a arte, promove um maior envolvimento com a criatividade, além de ser uma alternativa de lazer. Além disso, novos benefícios vêm sendo descobertos acerca da música: Segundo estudo publicado pelo periódico Scientific Reports, ter aulas de música expande o vocabulário infantil, além de potencializar o processamento dos fonemas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, ter aulas de música, mostrou-se mais eficaz para a inteligência das crianças do que outras atividades similares, como aulas de dança.

Como o estudo foi feito

Estudiosos da Universidade de Helsinki, que atuam na área de pesquisa cerebral cognitiva da instituição, sentiram-se inspirados em realizar as descobertas após acompanharem uma comunidade de crianças carentes que oferecia cursos musicais para o público de cinco a seis anos de idade. O objetivo era saber como os aprendizados na música influenciavam no desenvolvimento de habilidades linguísticas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foram analisadas 66 crianças, que realizaram quatro provas durante dois anos. Os exames envolviam o processamento de fonemas, e testes de vocabulário. Além disso, as crianças tiveram suas habilidades racionais e inibitórias mensuradas.

As crianças que tiveram contato frequente com atividades musicais mostraram-se mais desenvolvidas do que aquelas que não praticavam nenhuma atividade artística, tendo um vocabulário mais extenso e rebuscado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Resultados

"Nossos dados sugerem que até mesmo atividades recreativas envolvendo música, se forem frequentadas por muitos anos, podem ter um impacto positivo nas habilidades pré-escolares das crianças", diz Tanja Linnavalli, autor do estudo, em entrevista ao periódico.

Os autores do estudo esperam que a partir das descobertas feitas, profissionais da educação sintam-se encorajados a implementar a educação musical logo nos primeiros anos da educação infantil.