PUBLICIDADE

Caminhada ao ar livre melhora a memória e a criatividade

Estudos mostram que essa atividade ao ar livre pode ter muitos outros benefícios além de ajudar a emagrecer

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Fazer caminhada em contato com a natureza é uma ótima forma de eliminar o estresse e relaxar, mas o que cientistas descobriram é que essa atividade pode de fato transformar nosso cérebro e nossa vida (para melhor). Um estudo conduzido pelos psicólogos Ruth Ann Atchley e David L. Strayer, da Universidade de Kansas, nos Estados Unidos, descobriu que a resolução de problemas criativos pode ser drasticamente melhorada pelo hábito da caminhada ao ar livre por dois fatores: a desconexão da tecnologia e a reconexão com a natureza.

Melhora a criatividade

Os participantes desse estudo caminharam e acamparam na natureza durante cerca de 4 dias, período durante o qual não foram autorizados a usar qualquer tecnologia. Eles foram convidados a realizar tarefas que exigiam pensamento criativo e resolução de problemas complexos. Os pesquisadores descobriram que o desempenho em tarefas de resolução de problemas melhorou em 50% para aqueles que participaram dessa excursão de caminhadas sem tecnologia.

Os pesquisadores deste estudo observaram que tanto a tecnologia quanto o ruído urbano são incrivelmente prejudiciais, exigindo constantemente nossa atenção e impedindo que nos foquemos. Tudo isso pode influenciar nossas funções cognitivas. Uma boa caminhada longa, sem tecnologia, pode reduzir a fadiga mental, aliviar a mente e estimular o pensamento criativo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Previne a perda de memória

Pesquisadores da Universidade Maastricht, na Holanda, descobriram que o exercício aeróbio aumenta o volume do hipocampo, parte do cérebro associada à memória espacial e episódica, em mulheres com mais de 70 anos. Esse exercício não só melhora a perda de memória, mas também ajuda a prevenir a mesma.

Os pesquisadores também descobriram que a caminhada ao ar livre pode reduzir o estresse e a ansiedade, aumentar a autoestima e liberar endorfina. Muitas pessoas tomam medicamentos para resolver cada uma dessas questões, mas a solução para esses males pode ser muito mais simples do que isso.