PUBLICIDADE

Você protege seu corpo da intoxicação alimentar?

Conserve os alimentos direito e saiba tratar o problema

Verão é sinônimo de saúde, disposição e muita diversão, certo? Não se você for pego de surpresa por uma intoxicação alimentar. As Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs) causam náuseas, enjoos, vômitos e diarreia e têm potencial para acabar com as férias. Mais que isso: a coordenadora do departamento de nutrição da rede Mundo Verde, Flávia Morais, explica que em pessoas mais sensíveis, como crianças, gestantes e idosos, as complicações podem ser ainda mais graves, como desidratação, internação e até morte. Por isso, é preciso atenção às refeições que você faz fora de casa para não passar mal. Descubra se você se preocupa o suficiente com o que come e se sabe lidar com o incômodo quando ele aparece.

SAIBA MAIS

Você aproveita os benefícios da água de coco?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira dicas para tornar o hábito de beber água mais divertido

Inclua no prato 12 alimentos que hidratam

1/7

A melhor opção é:

2/7

Além da higiene do alimento, outro cuidado indispensável é:

3/7

Quais alimentos representam um maior risco de intoxicação alimentar

4/7

Um alimento contaminado:

5/7

Quando um médico deve ser procurado?

6/7

No caso de intoxicação alimentar, o melhor é:

7/7

O soro caseiro: