PUBLICIDADE

Exposição precoce à televisão afeta desenvolvimento de crianças

Para pediatras, crianças de até dois anos não devem interagir com mídias

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Um estudo publicado na versão on-line da revistaPediatrics revelou que a exposição precoce de crianças à televisão pode estar associada a problemas de compreensão e ao desenvolvimento da linguagem. A análise foi liderada pela Associação Americana de Pediatria.

Segundo os pesquisadores, a televisão substitui brincadeiras importantes para o aprendizado da criança e diminui o tempo de interação com os pais, o que prejudica o desenvolvimento da sua fala. Além disso, grande parte dos programas assistidos não eram compreendidos pelos pequenos telespectadores, reduzindo ainda mais a produtividade do momento.

De acordo com a associação, 90% das crianças de até dois anos nos Estados Unidos assistem televisão com frequência e um terço já tem sua própria TV no quarto a partir dos três anos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A Associação Americana de Pediatria já havia dado um alerta sobre os perigos de crianças assistirem à televisão diariamente, mas, agora, com o surgimento de novas mídias, como tablets e smartphones, perceberam a necessidade de reforçar o alerta.

Televisão e internet podem causar obesidade e insônia em crianças

Segundo dois estudos realizados paralelamente pela American Academy of Pediatrics, nos Estados Unidos, ver televisão e usar em excesso a internet pode não apenas causar sedentarismo infantil como também aumentar o consumo de alimentos pouco saudáveis e prejudicar o sono dos pequenos. A instituição alerta que os pais são responsáveis pelos maus hábitos dos filhos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O primeiro estudo mostrou que as crianças que assistem muito a programas de TV estão mais expostas ao efeito das propagandas de alimentos poucos saudáveis, como fast foods, cereais matinais com muito açúcar e guloseimas. A pesquisa também mostrou que os pequenos lembram mais de propagandas de comidas do que propagandas de brinquedos. Associadas à falta de práticas de exercícios físicos, as propagandas de comidas pouco saudáveis podem ser consideradas uma das causas do aumento das crianças que sofrem com obesidade infantil.

Outro estudo, feito paralelamente pela instituição, mostrou que os filhos que assistem a conteúdos violentos na televisão, internet ou vídeo game durante o dia estão mais propensos a ter problemas de sono, pesadelos, acordar durante a noite e ter sonolência diurna.

Os pesquisadores também observaram que as crianças que tinham televisão no quarto foram as mais propensas a ter problemas de sono. Aquelas que assistiam, em média, mais de 15 minutos cada noite e viam um extra de 12 minutos de conteúdo violento durante o dia tinham quase o dobro de chances de sofrer insônia. Segundo os autores do trabalho, o controle dos pais é essencial para que os filhos tenham uma infância mais saudável.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)