Carinho dos pais na infância pode ser chave para saúde mental quando adulto

Estudo descobriu que adultos que tiveram relacionamentos afetuosos com mãe e pai apresentam menos sintomas de depressão

Dar acesso a boas condições de vida e educação é o que toda mãe e pai sonha para seus filhos. Entretanto, para criar adultos com uma melhor saúde física e mental, um estudo norte-americano feito com mais de 22 mil pessoas sugere que o carinho de mãe e pai é essencial.

O estudo da Universidade Estadual do Michigan usou dados de duas pesquisas norte-americanas feitas para avaliar a saúde física e mental de adultos em várias idades. Na primeira pesquisa, os adultos foram acompanhados por 18 anos. Na segunda, durante seis anos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os resultados indicaram que as pessoas que tinham memórias de mais carinho e afeto vindo dos pais nos seus primeiros 18 anos também eram as que relatavam ter a melhor saúde e menos sintomas depressivos durante esse tempo avaliado. A associação não foi tão forte quando se avaliou o efeito do carinho na infância na presença de doenças crônicas.

"As pessoas podem acreditar que as memórias de infância importem cada vez menos com o tempo, mas essas memórias ainda significavam uma melhor saúde física e mental quando as pessoas estavam na meia idade e quando eram adultos mais velhos", disse William Chopik, autor da pesquisa, ao site da Associação Americana de Psicologia.